Abril terá chuva de meteoros e eclipse solar total, confira outros eventos

A chegada do mês de abril traz junto a chuva de meteoros Líridas, a segunda do ano; saiba mais sobre eclipse solar total e aparições da Lua.

6.645

Publicada 02 de Abril, 2024 às 08:50

Compartilhar:

O mês de abril já tem início com um eclipse solar total que, infelizmente, não poderá ser visto do Brasil. Mas se você busca um dia especial para passar a noite olhando para o céu, guarde a expectativa para a chuva de meteoros Líridas, que deve acontecer no final do mês.

8 de abril - Lua nova e Eclipse Solar total

O primeiro evento astronômico do mês acontece no dia 8, com a chegada da fase nova da Lua. Dessa vez, ela estará em seu perigeu, ou seja, no ponto mais próximo da Terra. Quando está cheia, isso significa vê-la maior. 

Contudo, como em sua fase nova ela está no mesmo lado que o Sol, a Lua não será visível no céu noturno. Por isso, como não há luz para interferir, este é o melhor momento do mês para observar objetos fracos, como galáxias e aglomerados de estrelas.

No mesmo dia acontece um eclipse solar total. Ou seja, a Lua não somente estará do mesmo lado da Terra que o Sol, como também bloqueará o astro rei totalmente. Com isso, ela revela a bela atmosfera externa do Sol, conhecida como coroa.

Infelizmente, o fenômeno não será visível no Brasil - ele aparecerá apenas para os países da América do Norte. Mas é possível acompanhar transmissões online.

22 e 23 de abril - Chuva de Meteoros Líridas

No final de abril, acontece a segunda chuva de meteoros do ano. De acordo com registros, os Líridas são partículas de poeira deixadas pelo cometa C/1861 G1 Thatcher. Ele foi descoberto em 1861.

Em geral, são uma chuva média, que produz cerca de 20 meteoros por hora em seu pico, que neste ano acontece na noite entre 22 e 23 de abril.

Mas há duas más notícias. A primeira é que na data a Lua já estará quase que completamente em sua fase cheia, de forma que sua luminosidade bloqueará a visão de grande parte dos meteoros. Especialistas afirmam que será possível ver apenas os mais brilhantes.

E ainda há outro problema: o principal ponto da chuva de meteoros Líridas fica bem ao norte no céu. Portanto, o Hemisfério Sul verá menos estrelas cadentes. Contudo, busque um local afastado das luzes da cidade e você poderá ver alguns deles.

23 de abril - Lua Cheia

No segundo dia de pico da chuva de meteoros Líridas, a Lua entra em sua fase cheia. Isso porque ela estará localizada no lado oposto da Terra em relação ao Sol, de forma que sua face estará completamente iluminada.

Fonte: Gizmodo

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Paraná / Brasil / Mundo