Cinco dicas para quem quer começar a praticar corrida

Brasil tem oito milhões de praticantes de atividades físicas, mas ainda há muita gente que precisa de um empurrão para começar a treinar

2.743

Publicada 05 de Julho, 2019 às 16:10

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

A prática esportiva da corrida é uma das mais completas atividades aeróbicas. Estimula o sistema cardiovascular e cardiorrespiratório, além de um exercício físico barato e de fácil acesso a qualquer pessoa. Você só precisa de uns bons tênis para academia ou para corrida, de uma camiseta, de uns shorts e está pronto.

Apesar disso, nem todas as pessoas se sentem bem ou conseguem efetivamente correr. Há algumas, ainda, que reclamam de dores durante a atividade, desmotivando-se a continuar.

Saiba que independente do seu nível de experiência com a corrida, sentir dores, desconfortos e incômodos não é bom sinal. Portanto, para evitar sentir qualquer tipo de problema do gênero, você precisa conhecer alguns cuidados necessário antes de começar e depois de terminar de correr.

Intervale os treinos de força com os treinos de corrida

A hipertrofia e o reforço muscular são de grande importância para os corredores, visto que dão maior sustentação para os corpos dos atletas. Principalmente aqueles exercícios focados mais nas coxas, nas pernas e no abdômen.

É preciso, no entanto, ter algum cuidado com a intensidade da musculação em comparação à corrida. Por isso a dica é intervalar. Se em uma semana vai pegar pesado com os músculos das pernas, procure pegar mais leve na corrida.

Essa alternância precisa ser sempre respeitada, pois do contrário nem a corrida nem a musculação terão resultados positivos.

Ainda no quesito treino muscular, é importante que aprenda a respeitar a orientação profissional. Corredores necessitam de treinos muito específicos. Normalmente os personal trainers passam exercícios mais leves, com a intenção mesmo de tonificar e reforçar a musculatura.

Exagerar, aumentar a carga dos pesos ou a quantidade das séries é um erro. Isso acaba levando a movimentos errados, que podem causar lesões graves.

Faça um aquecimento antes de correr e desaqueça quando parar

O alongamento e o aquecimento são os melhores amigos de todo corredor. Se aquecer previne lesões, já que prepara os músculos para a carga de impactos que a corrida causará muito em breve.

Antes de correr, faça um trote ou caminhe com intensidade. Esse é o aquecimento mais indicado pelos profissionais de educação física. Alongar as pernas também é importante, já que as deixará mais flexíveis e leves.

Após a corrida, não se esqueça de desaquecer o corpo, focando principalmente nas pernas. Nesse sentido, o ideal é não parar de correr abruptamente. Vá reduzindo o ritmo, até virar um trote e, por fim, finalizar a sessão. Volte a alongar as pernas, os quadris e o abdômen.

Respeite o seu limite enquanto corredor

Não é só na musculação que ocorre excesso de treino. Na corrida também é possível chegar a um overtraining, que é quando o corpo chega ao seu limite e fica estressado. Isso causa dores musculares que o impedem de treinar por alguns dias.

Para não precisar passar por essa parada forçada nos treinos, atente para algumas questões. A principal delas é o aumento exagerado no volume de quilômetros percorrido.

Ninguém que corre o máximo de 1 quilômetro em um dia conseguirá correr 5 quilômetros dois dias depois sem sentir sobrecarga muscular. O corpo humano é uma máquina que precisa ser estimulada aos poucos a evoluir.

O mesmo se aplica a quem tenta correr uma grande distância em um tempo irreal. Bater a própria meta é recompensador, mas isso faz parte de um processo gradual.

O overtraining, é preciso salientar, não causa apenas dores nas pernas. Cansaço mental, irritação, dores de cabeça e lesões musculares são consequências bastante comuns desse problema.

Use tênis perfeitos para os seus pés

Se existe algo em que o conceito de perfeição de aplica é na compra dos tênis de corrida. Para todo par de pés há um par de tênis que se encaixa de um jeito como nenhum outro encaixará.

Para que você compre encontre o seu par perfeito de calçados, precisa antes de tudo conhecer o seu tipo de pé. É pronado? Supinado? Neutro? Há várias maneiras de descobrir isso, e uma delas é pedir ajuda a um vendedor em uma loja especializada.

Quem corre com os tênis errados, corre seríssimos riscos de machucar os pés. Normalmente esse tipo de lesão é imediato e você sente as dores mesmo durante a corrida.

Não subestime a alimentação

Por fim, cuide da sua alimentação. Primeiro porque qualquer 200 gramas a mais de peso que você ganhar podem fazê-lo se sentir mais pesado.

Ao mesmo tempo, dieta low carb não é o ideal para quem corre com frequência. A sensação de fadiga nas pernas é enorme sem comer carboidratos.

Por fim, deficiência de potássio, de cálcio e de ferro podem levá-lo a sentir cãibras ou mesmo a ter problemas circulatórios durante uma corrida. Portanto faça uma reeducação alimentar antes de começar a correr e siga-a à risca para não se prejudicar.

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Auto Elétrica e Guincho Marcão

(45) 3264-2767

(45) 99962-6558

Av. Rio Grande do Sul, 1480 Centro

Geni Assados

(45) 9991-85736

(45) 99918-5736

Rua Armando Colombo, 390

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Paraná / Brasil / Mundo