Mulher perde R$ 3 mil no 'jogo do tigrinho', aciona PM fingindo ter sido roubada e acaba na delegacia

Mulher afirmou para PM que mentiu sobre roubo para não revelar a verdade ao marido, porque esta não foi a 1ª vez que ela perdeu dinheiro no jogo de apostas que é considerado ilegal no Brasil.

4.304

Publicada 07 de Março, 2024 às 09:53

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Uma mulher de Pato Branco, no sudoeste do Paraná, perdeu o próprio salário de R$ 3 mil no 'jogo do tigrinho', cassino online famoso que promete ganhos altos e é considerado ilegal no país. Entenda mais abaixo.

Após o fato, no entanto, a mulher acionou a Polícia Militar (PM) informando que havia sido roubada ao descer do ônibus, na região do Bairro São Cristóvão.

No local, a PM orientou a suposta vítima sobre os procedimentos envolvendo a contravenção penal de comunicação falsa de crime, que é quando a pessoa faz a comunicação de um crime que não ocorreu e gera atuação de uma autoridade para investigar um falso crime.

Neste momento a mulher confessou aos policiais que perdeu o valor no "jogo do tigrinho", mas que não quis contar a verdade ao marido, porque esta não foi a primeira vez que ela perdeu o próprio salário no site de apostas.

Depois de revelar o falso roubo, a mulher foi conduzida à delegacia onde assinou um Termo Circunstanciado por comunicação falsa de crime.

O crime está previsto no artigo 340 do Código Penal com pena de até seis meses de detenção e multa.

O que é o jogo
 
O "jogo do tigrinho" é um cassino online famoso que promete ganhos fabulosos. Na prática, o objetivo dele é que o jogador faça uma combinação de três figuras iguais nas três fileiras que aparecem na tela.

O game de cassino online, do tipo caça-níquel, promete ganhos em dinheiro. Por ir contra a Lei de Contravenções Penais - que considera crime os jogos de azar em que o ganho ou a perda dependem da sorte - o jogo é considerado ilegal.

No Brasil, o "Fortune Tiger" ficou famoso principalmente devido à extensa campanha que incluiu muitos influenciadores digitais e jogadores que compartilham suas táticas para se dar bem.

Fonte: G1

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Regionais