Dengue avança no Paraná, e estado tem duas mortes e mais de 7 mil novos casos em uma semana

As duas mortes foram registradas em Apucarana, no norte. Ao todo, são mais de 29 mil confirmações da doença. Saiba identificar os sintomas.

1.076

Publicada 07 de Fevereiro, 2024 às 09:21

Compartilhar:

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou 7.238 novos casos de dengue no Paraná em apenas uma semana. No mesmo período, o estado registrou duas novas mortes pela doença - ambas em Apucarana, no norte do estado.

De acordo com a secretaria, as mortes foram entre os dias 13 e 18 de janeiro. São dois homens, um de 22 anos e outro de 73 anos, ambos sem comorbidades.

O boletim divulgado nesta terça-feira (6) traz dados do atual ciclo epidemiológico, que começou em julho de 2023 e vai até o fim de julho deste ano.

Desde o começo do ciclo, o Paraná registrou oito mortes e 29.075 casos da doença. 

De acordo com o boletim, a regional de Apucarana é a com mais casos de dengue: são 7.011 confirmações, seguida da regional de Londrina (2.904), Paranavaí (2.697), Ivaiporã (2.663) e Cascavel (2.264).

O novo boletim confirmou ainda 12 novos casos de chikungunya - são 71 confirmações da doença no período epidemiológico. Do total de casos, 52 são autóctones, quando a doença foi contraída no município de residência.
A secretaria disse que não houve confirmação de casos de zika vírus no período.

Quais os sintomas da dengue?
 
A dengue é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti infectada com o vírus. Após a picada, os sintomas podem aparecer em até 15 dias, segundo a Secretaria de Saúde.

Normalmente, a primeira manifestação da dengue é febre alta (39°C a 40°C), que dura de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo, nas articulações e no fundo dos olhos.
A dengue pode provocar também: manchas no rosto, tronco, braços e pernas. Os pacientes podem ter ainda perda de apetite, náuseas e vômitos.

Fonte: G1

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Paraná / Brasil / Mundo