Campanha coloca cadeiras de rodas em vagas comuns no centro de Medianeira

5.794

Publicada 06 de Dezembro, 2023 às 10:30

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

A Amedef(Associação Medianeirense dos Deficientes Físicos) promoveu uma ação de conscientização e respeito à vaga de estacionamento para Pessoas com Deficiência. A ação, realizada no último sábado no centro da cidade, visou conscientizar e informar a população sobre a importância de respeitar o uso de vagas destinadas às pessoas com deficiência.

O objetivo é garantir o cumprimento da legislação vigente, de acordo com o artigo 181, XX do Código de Trânsito Brasileiro, incluso pela Lei nº 13.146 de junho de 2015, Decreto Federal 5296/2004 e Lei n. 13.281 de 04 de maio de 2016.

Estacionar nas vagas reservadas às pessoas com deficiência ou idosos, sem credencial que comprove tal condição, é uma infração gravíssima. Além da multa, a autoridade de trânsito poderá remover o veículo.

Essas vagas são reservadas não por privilégio, mas sim por necessidade. Os motoristas que ocupam essas vagas sempre se utilizam de argumentos tais como: "é só um minutinho", "já vou sair", "ninguém nunca estaciona aqui" ? Mas na verdade, trata-se de uma grande falta de respeito com o ser humano e com as leis de trânsito.

É importante esclarecer que as vagas de PCD (Pessoas com Deficiência) e idoso possuem características diferentes e por isso são separadas de forma que cada grupo possui seu cartão de estacionamento específico. O idoso não deve utilizar seu cartão para estacionar na vaga de PCD, nem o PCD na vaga de idoso. Caso o idoso apresente alguma dificuldade de locomoção, ele poderá solicitar a emissão dos dois tipos de cartões.

O cartão ou credencial, aqui em Medianeira, é emitido pelo MEDTRANS, que está localizado anexo à rodoviária na rua Rio de Janeiro (saída dos ônibus).

A ação foi realizada da seguinte maneira: Com o apoio da MEDTRAN, foram reservadas 2 vagas comuns na rua Paraná, próximo à Av. Brasília. Motoristas que procuravam por vagas se depararam com cadeiras de rodas ostentando cartazes com os dizeres: "É só um minutinho", "Já vou sair", "É rapidinho", "Tem certeza que você quer usar esta vaga?". Voluntários permaneceram no local para orientar e esclarecer dúvidas sobre a campanha. Mesmo sendo uma manhã movimentada de carros, os motoristas aprovaram a iniciativa.

Também no local, foi realizado um "Experimento social - Imersão simulada na vivência PCD". Foram convidados alguns transeuntes para se deslocarem até um destino utilizando uma cadeira de rodas. Outro foi convidado para conduzir um cadeirante, para que ambos pudessem sentir as dificuldades de locomoção enfrentadas diariamente pelos PCDs.

O evento foi uma ação alusiva ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, dia 03 de dezembro. Em 1992, a Organização das Nações Unidas - ONU proclamou o 3 de dezembro como o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

O objetivo da ONU é que todos os países membros reflitam sobre a data, gerando conscientização, compromisso e ações que promovam os direitos das pessoas com deficiência. Segundo dados do Relatório Mundial da Deficiência da OMS e do Banco Mundial, mais de 1 bilhão de pessoas no mundo possuem algum tipo de deficiência.

A campanha da Amedef contou com o apoio da Racon Consórcios, MEDTRAN - Diretoria Municipal de Trânsito de Medianeira e o CONSEG - Conselho Comunitário de Segurança.

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira