Veja evolução de aves pouco mais de um mês após nascerem de ovos encontrados em sutiã de passageira

Ovos apreendidos no aeroporto de Foz do Iguaçu eclodiram no Parque das Aves, que cuida dos animais. Entidade lançou desafio para internautas adivinharem espécie, que deve ser relevada nos próximos dias.

7.836

Publicada 29 de Novembro, 2023 às 10:04

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<
Foto: Parque das Aves

Pouco mais de um mês após nascerem, as cinco aves que eclodiram de ovos encontrados escondidos no sutiã de uma passageira no Aeroporto de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, já apresentam penas escuras, bico formado e estrutura mais firme do corpo. 

A imagem é bem diferente dos primeiros registros divulgados logo após o nascimento deles, quando ainda estavam com olhos fechados e pele sem cobertura de penas.

O que ainda permanece um mistério é qual a espécie dos animais.

Recentemente o Parque das Aves lançou um desafio nas redes sociais para os internautas tentarem adivinhar a espécie, que dever ser revelada nos próximos dias pela instituição.

O que se sabe sobre as aves


 
De acordo com o Parque das Aves, apesar de ser possível classificar a família dos filhotes, que é a dos  ranfastídeos (família dos tucanos e araçaris) ainda não era possível determinar qual a espécie deles, porque não tinham penugem.

Agora com os animais já com mais de 30 dias e penas por todo corpo, a classificação já está mais próxima.

Sob os cuidados intensivos da equipe técnica na quarentena do Parque das Aves, depois de serem resgatados, os ovos foram mantidos em uma incubadora e, aos poucos, foram eclodindo.

Segundo o Parque das Aves, dos ovos que foram apreendidos pela Polícia Federal (PF), na época, cinco resultaram no nascimento dos animais; um, entretanto, teve morte embrionária, ou seja, o feto morreu dentro do ovo e um dos ovos chegou quebrado ao local.

Veja algumas características de ranfastídeos:

Podem ser encontrados do México central até o sul do Brasil;

Estão na lista do animais em extinção;

Alimentam-se de grãos, frutas, pequenos vertebrados e filhotes de outras aves;

Deslocam-se conforme a sazonalidade de frutificação das árvores;

O bico ajuda a contrabalancear o peso do corpo;

Escondem o bico quando dormem;

Macacos e gaviões-de-penhacho são predadores dos tucanos;

Voam em fila indiana.

Fonte: G1

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Paraná / Brasil / Mundo