Com cinco gringos estreantes, Gre-Nal vira "el clásico" e pode ter recorde de estrangeiros em campo

Atletas de quatro países vizinhos dão sotaque diferente ao clássico deste domingo na Arena

831

Publicada 03 de Março, 2023 às 09:01

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<
Estrangeiros terão papel importante no Gre-Nal ? Foto: ge

Neste domingo, Grêmio e Inter se enfrentam pela primeira vez em 2023 pelo Gauchão. Entre os possíveis 15 estreantes no clássico, cinco são estrangeiros, que se juntam a outros quatro que já viveram experiência no duelo. Se os nove entrarem em campo, será um fato inédito na história do Gre-Nal. O duelo gaúcho ganha o sotaque espanhol dos vizinhos de América do Sul.

Em reformulação após o retorno à elite do futebol brasileiro, o Grêmio trouxe 11 novos jogadores para 2023. Destes, três são estrangeiros: o argentino Franco Cristaldo e os uruguaios Felipe Carballo e Luis Suárez.

Do lado colorado, o último dos cinco reforços é gringo, o colombiano Nico Hernández. O uruguaio De Pena, que chegou com a temporada 2022 em andamento, também disputará seu primeiro Gre-Nal.

Por parte dos que já atuaram em clássico, estão os gremistas Kannemann e Villasanti, um argentino e outro paraguaio, e os colorados Bustos e Mercado, ambos da Argentina.

Tamanho número de estrangeiros em um Gre-Nal não é novidade. No clássico do segundo turno do Brasileirão 2021 e na ida das semifinais do Gauchão do ano passado, nove gringos estiveram entre os relacionados.

Nos dois jogos, porém, nem todos entraram em campo. Há dois anos, o chileno Carlos Palacios não saiu do banco na vitória colorada 1 a 0 no Beira-Rio. Em seguida, o colombiano Orejuela e os argentinos Benítez e D'Alessandro não participaram do triunfo gremista por 3 a 0.

Os recordes de gringos em Gre-Nais*

Gre-Nal 434 - Brasileirão 2021
Inter: Saravia, Cuesta e Mercado (Argentina), Bruno Méndez (Uruguai) e Palacios (Chile).
Grêmio: Kannemann (Argentina), Villasanti (Paraguai) e Borja e Campaz (Colômbia).
 
Gre-Nal 436 - Gauchão 2022
Inter: Bustos, Cuesta e D'Alessandro (Argentina) e Bruno Méndez (Uruguai).
Grêmio: Villasanti (Paraguai), Kannemann e Benítez (Argentina), Campaz e Orejuela (Colômbia).
 
* Nem todos os estrangeiros entraram em campo.

A partir do meio do ano, o Inter terá seu quinto gringo no elenco, visto que o chileno Charles Aránguiz tem pré-contrato assinado com o clube e retorna ao Beira-Rio logo que findar seu vínculo com o Bayer Leverkusen. Há ainda a possibilidade de chegada do equatoriano Enner Valencia, atualmente no Fenerbahçe.

Aliás, a tendência é de aumento da legião estrangeira na dupla Gre-Nal e nos demais times brasileiros. Isso porque os clubes aprovaram o novo limite de atletas de fora do país de cinco para sete jogadores.

Além dos gringos, o Gre-Nal deste domingo também reserva novas experiências para alguns brasileiros. Nomes como Keiller, Wanderson, Vitão, Renê e Pedro Henrique no lado colorado e Adriel, Pepê, Reinaldo, Fábio e Vina encaram o primeiro clássico gaúcho. São no total 15 possíveis estreantes.

Grêmio e Inter entram em campo neste domingo, às 20h, no clássico número 438. A partida na Arena é válida pela 10ª rodada do Gauchão, a penúltima da primeira fase, e terá transmissão exclusiva do Premiere.

Fonte: GE

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Esportes