Polícia Civil prende estelionatário do golpe do bilhete

2.425

Publicada 19 de Maio, 2011 às 14:14

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

A Polícia Civil de Medianeira com apoio do grupo do G.D.E. (grupo de diligências especiais) de Foz do Iguaçu identificou e prendeu Gérson Lourenço, de 40 anos acusado de aplicar vários golpes do bilhete em Medianeira e região.

 

     O golpe  -    Modus operandi -  maneira de agir

 O golpe que existe desde a década de 40 é aplicado da seguinte forma; o golpista se aproxima das vítimas que geralmente são pessoas idosas, e mostra um bilhete falso de loteria premiado, depois de muita conversa o golpista propõe vender o bilhete a vítima por uma certa quantia em dinheiro, ou senão na maioria das vezes solicita uma ajuda da vítima para ir retirar o prêmio, e  convencendo-a que vai obter vantagem financeira. nesta suposta ajuda o golpista justifica que está sem os documentos, ou que é analfabeto e não pode retirar o prêmio, que está desorientado, que tem que pegar um ônibus em poucos minutos, que sua mãe está doente em um hospital e precisa depositar pequena quantia  em sinal para o tratamento, e etc...        

 Se a vítima cair na conversa do golpista sacará uma certa quantia em dinheiro de sua conta bancária ( geralmente poupança) e entregará ao golpista em troca do falso bilhete, existe casos ainda que os golpistas aceitam até jóias como parte de pagamento.

Outra situação que existe ainda quando a vítima oferece resistência ao golpe é o aparecimento de um ou mais comparsas que mostram interesse na conversa e se oferecem para comprar o bilhete, nesse momento a vítima pode achar que está perdendo um grande negócio e se associa ao comparsa do golpista, que as vezes simula uma ligação para uma agência lotérica conferindo o bilhete.

           

                                        O golpe em medianeira

 Gérson com uma comparsa tentaram aplicar o golpe em Medianeira terça-feira (17) em uma pessoa idosa, parente de um policial, mas não obtiveram êxito, a vítima esperta anotou parte dos numerais da placa do veículo que é de Foz do Iguaçu, características do mesmo que era um pálio prata e repassou as policias.

Com as características do carro dos golpistas as Polícias Civil e Militar começaram uma campana nas imediações das agências bancárias.

Na manhã de ontem (18) Gérson e a comparsa foram até a cidade de Matelândia e aplicaram um golpe em uma idosa que foi trazida até Medianeira.

A idosa foi abordada pela comparsa de Gérson, que simulava estar com um bilhete de loteria premiado no valor de dois milhões de reais e daria a idosa 400 mil de recompensa, nesse momento Gérson apareceu e simulou estar interessado na conversa e com seu veículo pálio ofereceu para trazer a duas para a cidade de medianeira aonde a idosa possui conta bancária.

Como a idosa conseguiu sacar somente a quantia de 5.000 reais, a comparsa de Gérson pediu 8.000 reais pelo bilhete. Foi nesse momento que Gérson executou a parte final do golpe, se oferecendo para se associar a idosa e emprestar os 3.000 reais restantes, só que para isto teriam que ir até a casa da mãe dele para pegarem o dinheiro.

Gérson e a comparsa levaram a vítima até um bairro nas imediações do centro e mostraram uma casa que supostamente seria da mãe de dele, pediram a vítima para tocar a campainha, em seguida fugiram do local abandonando a idosa. A vítima foi até a caixa econômica e constatou que havia entrado em um golpe, de imediato os funcionários da agência avisaram os Policiais.

 

                                          A prisão do golpista.

 

Ao serem informados do golpe policiais do setor de investigação constataram através de câmeras, que o veículo pálio havia passado pelo posto da Polícia Rodoviária de Santa Terezinha sentido Foz do Iguaçu há cerca de 05 minutos. Disse ainda o Delegado Valmor Treib que se a vítima não tivesse demorado avisar a Polícia, Gerson e a comparsa teriam sido presos pela Polícia Rodoviária.

 Depois de solicitar ajuda de policiais do G.D.E. de Foz do Iguaçu informando-os do fato, uma equipe de Políciais se deslocou até aquela cidade aonde culminou na prisão de Gérson, que estava com o veículo pálio usado no golpe e cerca de 2.300 reais da vítima. ao ser abordado Gérson confessou o crime aos Policiais Civis e disse que não sabia do paradeiro de sua comparsa. Ele foi conduzido até a Sexta Subdivisão de Foz do Iguaçu aonde foi lavrado o seu flagrante no artigo 171 - estelionato.

 

                                          Mais vítimas

Ao ser transferido para a cidade de Medianeira onde ocorreu o golpe, Gérson foi reconhecido por mais vítimas em dois golpes. E segundo informou o Delegado Valmor Treib até o término do inquérito mais vítimas de Gérson poderão surgir, e solicita as pessoas que tenham sofrido este tipo de golpe que compareçam até a Delegacia de Polícia de Medianeira.  

   

Fonte: Ronaldo Torres - Polícia Civil - Medianeira

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Metalúrgica JL

(45) 9983-01554

(45) 99830-1554

Rua Espirito Santo

Vintage Beleza e Estética

(45) 9992-68403

(45) 99996-4241

Rua Riachuelo, 1415

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira