UDC promove IV Fórum Empresarial de Vendas

1.757

Publicada 08 de Abril, 2011 às 14:55

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Aconteceu na noite de ontem (07) no auditório da UDC o IV Fórum Empresarial de Vendas com o tema: Sustentabilidade novo jeito de produzir, vender e consumir.

Durante o Fórum aconteceram quatro palestras, onde cada um mostrou como é desenvolvido o trabalho de sustentabilidade na empresa em que trabalham.

Estavam presentes a Diretora Geral da UDC, a presidente do CoreSin PR, o gerente do BB de Medianeira, professores, alunos e demais participantes.

A Profª Dra Elisa Matté, Coordenadora do curso Gestão Comercial - Vendas, da UDC Medianeira destaca que o evento serve para promover uma discussão entre os acadêmicos e empresários sobre o tema a sustentabilidade e fatores que afetam o processo de Vendas e valor do negócio, mostrar que a responsabilidade com a sustentabilidade é de todos os elos da cadeia, quem Produz, quem Industrializa, quem Vende e de quem Consome.

Quem trabalha com vendas precisa saber sobre a importância deste assunto, pois muitas empresa (que compram os produtos) têm preferência pela empresas que pensam de forma sustentável, por isso o tema é de grande relevância.

"Mostrar aos acadêmicos que pensar e agir de forma sustentável é utilizar os recursos naturais disponíveis hoje sem comprometer a vida das futuras gerações. É promover o perfeito equilíbrio entre os fatores econômicos, financeiros, sociais e ambientais. Muito além de bandeira ecológica, este é o compromisso que precisa ser assumido por todos os envolvidos na cadeia produtiva, da indústria, venda e ao consumidor final", completa a Profª Dra Elisa.

 

Palestras:

A primeira palestra foi ministrada pelo Gestor de Sistema Ambiental e Qualidade da Frimesa, o Tec. Ambiental Itamar Cassol, que fez uma breve apresentação sobre a Frimesa, mostrando a importância que a parte ambiental tem na empresa. Observaou que a empresa tem compromisso com a questão sócio-ambiental, e ressaltou que sustentabilidade é o equilíbrio entre os aspectos ambiental, social e econômico.

A Frimesa possui 70 hectares em Medianeira, e destes 50 são de mata preservada pela empresa. O Parque será aberto à comunidade para promoção da educação ambiental, localizado as margens do rio Alegria possui uma trilha para com estrutura para valorização local, bosque onde foram plantadas cerca de 350 árvores exóticas e floríferas, área nativa para reconstrução da mata ciliar.

Itamar concluiu dizendo que este fórum serve para aproximar, na prática, o conceito de sustentabilidade.

O segundo palestrante da noite foi o empresário Célio Rocha, da Pollyana Mangueiras, que mostrou como é feito o processo de fabricação das mangueiras, que são fabricadas com plásticos de polietileno de baixa densidade, plástico este que seria descartado pelas empresas. "Reciclamos material que não seria mais utilizado e colocamos ele no mercado de novo", dez Célio.

E visando a sustentabilidade até a água é reaproveitada, e na área social a empresa tem com o Observatório Social.

A terceira palestra foi com Marly Regina Maçaneiro, Relações Públicas Grupo Cavalca (Moinho Iguaçu), que fez um relato do começo do Moinho Iguaçu, e da vida do Sr. Arlindo Mosé Cavalca, proprietário do grupo. A empresa também está fundamentada no tripé meio ambiente, social e financeiro. A empresa mantém o projeto Semeando Solidariedade, que é a construção de casas, onde há unidade da Sabor Sul ou Moinho Iguaçu, para pessoas extremamente carentes e que tenham filho portador de necessidade especial, as casas são construídas em parceria com as prefeituras, de doações e com a ajuda de voluntários. Há também o projeto EPI Solidário, Quebra Cuca, Volta as Aulas, e o projeto Reciclar, que abrange a empresa e os funcionários, "Nós somos responsáveis por aquilo que produzimos, e somos responsáveis pelo lixo que produzimos", diz Marly.

E para encerrar a noite de palestras Jair Meyer, Gerente Divisão de Alimentos da Cooperativa Lar, que falou sobre os supermercados da rede Lar, da preocupação com o meio ambiente e com a sustentabilidade desde o início das construções. "A sociedade está preocupada com o amanhã, a sustentabilidade, a questão ambiental saiu do papel", fala Jair. Segundo Jair todas as lojas construídas desde 2007, estão implementadas com captador da água da chuva, parte elétrica com baixo consumo, telhas transparentes para aproveitar a luz solar, equipamentos com nível baixo de ruídos, equipamentos de refrigeração com baixa emissão de gases, e destinação adequada para cada tipo de lixo, além de fazer um trabalho de conscientização para redução das sacolas, a empresa também prioriza empresas que tenham trabalhos sócio-ambientais.

 

Francieli Bado - Redação Guia Medianeira

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Brasil Cell Celulares

(45) 9998-43980

(45) 99984-3980

Av. Brasil, 3089 Itaipu

Açucarados Doces

(45) 3264-3592

(45) 99991-9016

Av. Brasil, 4212 Parque Independência

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira