História e vida de Gabriel Delazari

2.344

Publicada 14 de Abril, 2020 às 15:49

Compartilhar:

Gabriel Delazari, sétimo filho de Januário e Olivia, de uma família de 21 irmãos nasceu em 13/12/1932. Oriundo das famílias colonizadoras de Antônio Prado - RS e Capinzal - SC. Sempre ligado à igreja, com nove anos de idade Gabriel foi estudar no Seminário dos Capuchinos em Almirante Tamandaré, próximo a Curitiba, onde permaneceu por 7 anos;

Com 18 anos de idade, em meados do século XX, Gabriel já exercia várias profissões como agricultor, ajudando sua família, fotógrafo, ferreiro e professor para o primário da comunidade no interior dos municípios de Ouro, Piratuba e Lacerdópolis em Santa Catarina.

Foi em 1955, aos vinte e três anos de idade, que Gabriel Delazari conheceu uma jovem de 15 anos, Otília Vicini, descendente do sul da Itália. Na época, Gabriel era catequista de Otilia, e em 4 de março de 1956 uniram-se em matrimônio. No ano seguinte, Gabriel, juntamente com sua família, foram morar em Piratuba, interior de Santa Catarina.

Nesta época, nasceu Itacir, o primeiro filho de Gabriel e Otília. Em 1958, Gabriel, que era professor, teve que ser transferido para o município de Lacerdópolis, numa vila chamada São Roque. Ali permaneceu trabalhando por 10 anos, e teve mais seis filhos: Ivonete, Ivan, Itamar, Ironite, Itamir e Rose.

No ano de 1968, com sete filhos, Gabriel e Otilia decidiram se mudar para o interior do Paraná. Se instalaram e Portão do Ocoy, na época interior de Medianeira, hoje pertencente ao município de Missal. Nessa vila, Gabriel era sócio, juntamente com um cunhado, de um armazém de secos e molhados, onde comercializavam soja e milho. Foi um dos primeiros professores da Escola da comunidade (hoje Colégio Teotônio Vilella).

Não tendo sucesso nos negócios, acabou falindo e Gabriel perdeu tudo o que tinha. Sem nada, desempregado e uma família com sete filhos, Gabriel se viu desesperado. Chegaram a passar fome.

Enquanto Gabriel procurava emprego, seus filhos mais velhos, Ivonete e Itacir com doze e treze anos respectivamente se sentiram na obrigação de ajudar. Saiam cedo de casa, antes do nascer do sol, e iam na casa do agricultores da região comprar frangos caipiras. Levavam até o Rio Ocoy, onde matavam e os lavavam para posterior comercialização. Depois dos frangos limpos, sua esposa Otilia pegava o ônibus e ia até Medianeira vender na Churrascaria Marilda, perto da Rodoviária.

Durante muito tempo, foi o único sustento da família. Dois anos após ter chegado em Portão do Ocoy, anos que pareciam uma eternidade, frente aos acontecimentos, em 1970 Gabriel encontrou um emprego como vendedor e entregador de móveis na A Radiolândia Móveis. E em julho deste ano, fixaram residência em Medianeira.

Nesta cidade, Gabriel e Otilia tiveram mais dois filhos: Adriano e Giovani, perfazendo um total de 9 filhos, sendo 3 mulheres e 6 homens. Acolhidos pela Família Civiero e De Bona tiveram um papel importantíssimo para sua estabilização neste município.

Já na A Radiolândia Móveis, Gabriel começou a fazer cursos de manutenção de máquina de costura e um tempo mais tarde montou sua própria oficina - Casa das Máquinas (hoje Eletromak), onde trabalhou até seus 87 anos de idade.

Gabriel Delazari deixou um legado muito importante construído ao longo destes 87 anos de sua vida. A honestidade, que é algo que vai ser levado por gerações através de seus filhos, netos e bisnetos.

Um homem notável que teve a coragem de lutar pelos seus ideais e não teve medo de enfrentar os obstáculos que a vida impôs. Um ser humano que teve como princípio básico o amor ao próximo para continuar sua luta diária e que em nenhum momento buscou o enriquecimento financeiro, mas lutava SIMPLESMENTE pelo sustento de sua esposa Otília e seus 9 filhos.

De seus 9 filhos, 7 continuam residindo em Medianeira, 1 possui um restaurante em Foz do Iguaçu e 1 trabalha na UTFPR em Curitiba. Surpreendentemente, por força do destino, um mês antes de vir a falecer, Gabriel ficou internado em Foz do Iguaçu e em Curitiba, onde pôde desfrutar, da presença de seus dois filhos que moravam longe.

Gabriel Delazari, faleceu em Curitiba no dia 09/04/2020 por complicações pulmonares (enfisema), internado devido a um tombo que sofreu.

Os familiares de Gabriel Delazari convidam a todos amigos para acompanhar a missa de 7º dia de falecimento, quarta dia 15/04 as 19hs que será transmitido pela página do Facebook da Paróquia Nossa Senhora Medianeira.