Matelândia: Menor que tentou se passar por policial é apreendido com dinheiro falso e moto adulterada

5.485

Publicada 18 de Abril, 2015 às 09:32

Compartilhar:

Por volta das 17h da última sexta-feira (17), a Polícia Civil de Matelândia cumpriu um mandado de busca e apreensão de um adolescente de 17 anos.

Tudo começou na data de ontem, quando uma pessoa com uma insígnia no pescoço foi até um órgão público do município e identificou-se como policial civil da cidade de Medianeira, fazendo-se passar por investigador de polícia. No local ele teria feito várias perguntas a uma psicóloga e teria usado um telefone celular para gravar a conversa.

Desconfiados, os funcionários públicos informaram o fato a Polícia Civil de Matelândia, e diante da denúncia os policiais daquela Delegacia iniciaram diligências para identificar a pessoa que supostamente se passou por investigador da Polícia Civil.

Após a identificação do suspeito, foi representado junto ao Poder Judiciário pelo deferimento de um mandado de buscas e apreensão na casa do acusado, oque foi prontamente atendido pelo juiz da comarca. Em seguida os policiais civis de Matelândia fizeram campana nas proximidades da residência do acusado, pois o mesmo não estava em casa. Logo em seguida, o adolescente foi avistado chegando até a residência e abordado, e buscas foram realizadas no interior da residência. No local foi apreendida uma motocicleta com placa adulterada, cédulas de dinheiro falsas, que totalizaram R$ 1.800,00, o celular usado na gravação da conversa e uma insígnia de investigador particular. A motocicleta apresentava numeração do chassi pinada, e em checagem à numeração do motor, ficou constatado que o motor pertencia a uma motocicleta emplacada na cidade de Joinville-SC.

Em conversa com o adolescente, ficou evidente que o intuito do acusado era conseguir alguma informação que privilegiasse seu pai, que se encontra preso na Delegacia de Matelândia, acusado de matar sua ex-esposa na frente de um filho no mês de Junho de 2014, na localidade de Cruzeirinho, no interior daquele município.

Diante do flagrante, o adolescente recebeu voz de apreensão e foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, onde foi autuado pelos atos infracionais sendo liberado em seguida e entregue sob tutela do Conselho Tutelar.

Redação: Guia Medianeira com informações da Assessoria da Polícia Civil de Matelândia

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Top Jeans

(45) 3264-6251

(45) 99812-8944

Av. Brasilia, 1721 Centro

Medimax Ressonância Magnética e Ultrassonografia

(45) 3240-1884

R. Rio Branco, 1250

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Matelândia