Justiça mantém Caminho do Colono Fechado

Os municípios irão estudar a possibilidade de recorrer ao Supremo Tribunal Federal em Brasília

1.143

Publicada 10 de Dezembro, 2010 às 11:19

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<
A proposta apresentada pelos 18 municípios que buscam a reabertura do Caminho do Colono foi recusada pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região. Os três desembargadores que avaliaram o caso decidiram por manter fechada a estrada que liga Serranópolis do Iguaçu no Oeste a Capanema no Sudoeste.Segundo o secretario de Indústria e Comércio de Serranópolis do Iguaçu, Marcelo Sergio Sehn os municípios pleiteavam por uma estrada ecológica que possibilitasse o contato com o Parque Nacional do Iguaçu e onde fosse contada a história do Caminho do Colono."O que percebemos na justificativa dos desembargadores é que eles confundem a reabertura de uma estrada que existe a mais de 100 anos com uma tentativa de abertura. Todos tratam como se ela nunca tivesse existido. Faz 25 anos que está fechada, quem julgou é de Porto Alegre e não sabe onde fica, não conhece a história e nem a realidade do Caminho do Colono", frisa Marcelo.O vice-prefeito e secretário de Saúde e Ação Social de Serranópolis do Iguaçu, Luiz Ferri, também acompanhou a decisão da Justiça em Porto Alegre e afirma que ficou surpreso com a decisão. "Tivemos esperança durante um ano, mas não temos nenhum órgão a nosso favor, apenas os 18 municípios que sabem a perda para o desenvolvimento que o fechamento da estrada representa", defende. "Não queremos prejudicar a natureza, mas também queremos uma forma de minimizar o impacto gerado na economia local", completou Ferri.Marcelo alega que o fechamento da Estrada do Colono interrompe o desenvolvimento à 25 nos. Ele aponta que os municípios buscam a preservação, não a invasão, mas querem também garantir o direito de ir e vir, por uma estrada mais antiga que o Parque Nacional e é essa história que querem manter viva. ?A nossa proposta é que gostaríamos de manter um contato com Parque Nacional, através de uma estrada turística aproximando comunidade e meio ambiente. Hoje a única impressão que temos é de um muro verde que nos separa de Capanema, sem nenhum contato ou ligação com Parque? defende.  RECURSOAgora os 18 municípios que buscam a reabertura devem se reunir para avaliar a possibilidade de recorrer para o Supremo Tribunal Federal (STF) em Brasília."Precisamos avaliar os custos e decidir se esse recurso será válido. No STF o pedido será avaliado por sete juízes e não três como em Porto Alegre", destaca Marcelo. HISTÓRIAA luta pela reabertura da Estrada do Colono iniciou em 1986 quando a justiça definiu que a estrada fosse fechada. Desde então diversas manifestações foram realizadas e a estrada já foi reaberta pela população, mesmo sem autorização da justiça.Em 2002 a estrada foi novamente fechada através de ação policial e os municípios continuam buscando o direito de ir e vir."Esta estrada foi utilizada pela Coluna Prestes e depois que existia a estrada criou-se O Parque Nacional do Iguaçu. O pedido que motivou o fechamento foi uma liminar na qual a então administradora pedia que a estrada não fosse asfaltada, mas juíza não compreendeu e determinou o fechamento em 1986", conta Marcelo.  Os secretários de Serranópolis questionam ao final da entrevista, até que ponto o Parque Nacional do Iguaçu é intangível se em Foz do Iguaçu há visitação, assim como na Argentina uma estrada corta o mesmo Parque. Fonte: Assessoria de Imprensa - Pref. de Serranópolis do Iguaçú

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Getafi Alumínios

(45) 3264-7565

(59) 99760-007

Rua Piauí, 2075 Cidade alta

Mecânica Agrícola Rossi

(45) 3264-2019

(45) 99916-9300

Rua Maranhão, 1086

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Cotidiano