Denarc prende 27 pessoas em operação contra o tráfico

As ações foram realizadas no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, estados onde a organização criminosa operava.

1.652

Publicada 03 de Dezembro, 2010 às 15:09

Compartilhar:

A operação "Conesul" realizada pelo Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos do Paraná) em parceria com o Gaeco de Guaíra, entre quarta-feira e hoje, resultou na prisão de 27 pessoas no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Os trabalhos foram realizados após investigações que começaram em maio deste ano.
 
Na manhã de hoje o promotor de Justiça, Marcos Cristiano de Andrade, coordenador do Gaeco de Guaíra, e o delegado-chefe do Denarc no Paraná, Júlio César dos Reis, concederam coletiva de imprensa na manhã em Cascavel.
 
Eles fizeram um balanço da operação que resultou em 27 mandados de prisão cumpridos, 800 kg de maconha, 2 kg de crack e 19 veículos apreendidos, além de armas e munições. O trabalho teve uma avaliação positiva, por desarticular a ação de uma organização criminosa na região sul. 
 
"Então na verdade uma conexão interestadual até em razão pelo qual foi dado o nome "Cone Sul" para a operação. Mas é um fato que também chamou a atenção, esse tráfico interestadual saindo da região de Guaíra, por onde originou a investigação, e sendo encaminhada a droga para esses outros estados", afirma o delegado-chefe do Denarc, Júlio César dos Reis.
 
"No curso das investigações a quadrilha tentou negociar 2kg de C4, que é um explosivo de uso exclusivo militar. Eram 2 quilos que teriam como destino a região de Londrina, mas essa negociação não se concretizou. O que chama a atenção é a periculosidade dessa quadrilha. Uma organização criminosa, mais do que uma quadrilha", explica
 
De acordo com informações do Denarc, Carlos Eduardo Mendonsa de Vargas, foragido da Cadeia Pública de Marechal Cândido Rondon desde o ano passado era o responsável pelo envio de drogas. Ele contava com o auxílio da esposa Jaciele Farias. Os dois foram presos em Jaraguá do Sul/SC.
 
As pessoas que foram presas em flagrante permanecem a disposição da Justiça onde foram detidas. Já aqueles que foram presos em cumprimento a mandados foram encaminhados à carceragem da Polícia Civil de Guaíra.
 
De acordo com a polícia, hoje foram feitos os bloqueios das contas de todas as pessoas envolvidas na organização criminosa.

 

Fonte: CGN

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Odontologia Integrada Dra. Marcia Bampi

(45) 3264-4491

(45) 99996-8787

Rua Para, 1831

Square Burguer

(45) 9982-90862

(45) 99829-0862

Av. Brasilia (frente a Martelli)

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira