Vigilância Sanitária de Missal autua estabelecimento clandestino de embutidos e produtos cárneos

8.921

Publicada 11 de Abril, 2022 às 11:54

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Uma ação conjunta da Vigilância Sanitária de Missal e apoio do Serviço de Inspeção Municipal, fiscalização Municipal e da Polícia Civil, autuaram um estabelecimento clandestino na tarde de quarta-feira, 06 de abril. No local, foi verificada uma fábrica clandestina com produção de embutidos e derivados cárneos.

O responsável pelo estabelecimento foi levado à delegacia para prestar esclarecimentos e as infrações na esfera criminal estão sendo apuradas por órgãos competentes.

Por parte do município de Missal foi emitido o auto de infração, de acordo com o código de postura do município, que prevê a apreensão, inutilização dos produtos e multa. O local não possui registro no serviço de inspeção e foi trancado.

Como ocorreu a ação?

O setor de Vigilância Sanitária de Missal recebeu denúncia por meio do Ministério Público de um local que estaria abatendo animais e utilizando carnes imprópria para a fabricação de embutidos.

Os órgãos competentes foram verificar o local objeto da denúncia, onde ficou constatado a veracidade do que havia sido relatado. O produto foi apreendido e descartado.

Foram inutilizados 850 kg de produtos cárneos, entre eles carcaça de suíno, cortes cárneos de suíno, algumas peças cárneas de bovino, salames, morcela, peles suínas, torresmo, pururuca, miúdos (língua, coração) e toucinho.

Na ocasião foi despejada água sanitária e desinfetante sobre os produtos e enterrado em valeta no aterro sanitário municipal.

O proprietário não conseguiu comprovar a procedência de todos os produtos, podendo ser verificado que diversos pedaços estavam impróprios para consumo. A situação era perceptível visualmente. Inclusive, os relatos apontam que o ambiente era bem insalubre, com muitas moscas.

Riscos à Saúde

A ingestão de produtos obtidos sem a devida inspeção sanitária, principalmente as carnes clandestinas, pode causar intoxicações alimentares e ser veículo de zoonoses, ou seja, doenças transmitidas pelos animais aos seres humanos. Entre estas estão a teníase, a cisticercose, a tuberculose, a brucelose, botulismo e a toxoplasmose, todas patologias graves e que podem levar à morte.

Os consumidores devem se atentar ao rótulo do produto, principalmente os de origem animal devem conter na embalagem o carimbo do Serviço de Inspeção, que pode ser: Federal (SIF), Estadual (SIE) e Municipal (SIM). É a garantia de que o alimento foi produzido de acordo com as normas higiênicas e sanitárias.

Vale ressaltar que a carne clandestina é um grande risco a saúde da população e o consumidor tem um papel muito importante ao denunciar esse tipo de prática. Denúncias podem ser feitas na Ouvidoria Municipal pelos fones (45) 3244-8066 ou ainda 0800 646 6056.

Assessoria Prefeitura de Missal

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Quintal Básico e Divertido

(45) 3264-4806

(45) 99988-1383

Av. Brasilia, 1420, Shopping Medianeira - Sala 09

Ótica Medianeira

(45) 3264-2322

(45) 99155-3377

Av. Soledade, 2250

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Missal