T....INHA: Professora Teresinha lança livro de memórias de sua infância

Filha de pioneiros e inspirada pelo isolamento, traz em contos suas vivências, culturas e recordações, confira entrevista.

2.281

Publicada 18 de Fevereiro, 2021 às 13:34

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Nasceu Tinha, tornou-se Tere, e hoje assume-me Professora Teresinha, assim, inspirada pelos tempos de isolamento, a filha de pioneiros de nossa terra resolveu organizar suas memórias em letras, ordenadas em contos e lançadas em seu primeiro livro.

O T....INHA traz a personalidade saudosa de alguém que sentiu a necessidades de encontrar-se em suas raízes, representando um público da colonização de Medianeira, que pouco conseguiu contar suas perspectivas até então: "A gente sabe a história da nossa cidade pela ótica dos adultos, eu quis evidenciar pelo meu olhar de criança, que veio morar no mato e carrega até hoje as culturas, momentos, vivências e detalhes daquele tempo".

Já na capa é possível se deliciar com a arte viva que é o sentir existencial da Professora, cada ponto um topo de árvore, mostrando o caminho que a trouxe até aqui, nas terras de Medianeira.

E vai além, o trabalho de organização de memórias, unindo a pequena Tinha a Professora Tere, deu início a um complicado de itens, retratos, matérias, fotos e registros que estão sendo carinhosamente organizados e preparados em um espaço único, onde sente-se a presença viva do passado, explicando respostas do presente e iniciando os passos do futuro: "Precisamos conhecer o passado para valorizar o presente e construir o futuro", com essa frase ela autografa seus primeiros exemplares espalhados.

Confira a entrevista completa da Professora Teresinha sobre seu primeiro livro, e abaixo a carinhosa carta ao leitor, para saber onde adquirir o seu exemplar.

"Amigo (a) leitor (a)
Em nossa vida sempre temos sonhos a realizar. Sempre imaginei escrever sobre minha infância, aqui em Medianeira. É comum ouvirmos relatos históricos apenas dos adultos, e as crianças que vieram para cá acompanhando seus pais?
Também são pioneiros desta cidade e enfrentaram as dificuldades de viver numa vila recém-criada. A geração dos pioneiros adultos já partiu e está chegando a nossa vez. Aliás, alguns já nos deram adeus. Por isso aproveitei a reclusão da pandemia para escrever as minhas memorias do tempo em que Medianeira era apenas uma vila cercada de mato, Mata Atlântica por todos os lados.
Espero que muitos se identifiquem com os contos narrados no livro T...INHA. São relatos simples da vida comum.
Peço aos leitores que me ajudem a divulgar, pois devido à pandemia, não podemos nem fazer um lançamento oficial. Quem sabe no futuro...
Teremos os livros em alguns locais da cidade para vender (R$ 30,00) e também na minha casa, Rua Getúlio Vargas, 2191, próxima do Mondrone, decorada (memória antiga) especialmente para a ocasião.
Estarei lá, inclusive para autografar, de quinta-feira a sábado das 16:00h às 18:30h nos dias:
Fevereiro: 18,19,20,25,26 e 27
Março: 4,5,6,11,12,13,18,19 e 20
Quem diria! A professora de matemática tornando-se escritora.
Espero que gostem e muito obrigada pela divulgação. Conto com vocês.
Gostaria de receber comentários e sugestões: tereselink@uol.com.br

Professora Teresinha - Medianeira, 24 de janeiro de 2020."

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Mecânica Freitas

(45) 3264-2495

(45) 99993-7699

Av. 24 de Outubro, 4871

Mecânica e Guincho Mendes Car

(45) 3264-9115

(45) 99820-7647

Rua Santa Catarina, 4733

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira