Mapeamento feito pelo setor de endemias de Missal aponta locais com maior incidência de casos de dengue

1.744

Publicada 05 de Fevereiro, 2021 às 14:48

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Como é de conhecimento da população, o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e outras doenças, se prolifera em água parada. Devido ao grande volume de chuva dos últimos dias, o índice de infestação aumentou e isso é percebido durante as visitas as residências do município, onde são encontrados diversos objetos que acumulam água se tornando foco do mosquito.

O setor de endemias de Missal divulgou um mapa com os locais de maior incidência de casos e em consequência, maior incidência de larvas do mosquito. A orientação é que a população aproveite o final de semana e os fins de tarde para verificar seus quintais e eliminar os possíveis focos do Aedes Aegypti, pois, o número de casos positivos de dengue tem aumentado e há o risco iminente de epidemia neste ano se não houver a devida precaução.

Outro ponto relatado pelos agentes de endemias é que parte da população não permite o acesso dos profissionais aos quintais, o que prejudica o trabalho. Estes profissionais estão devidamente identificados e uniformizados, portanto, a população deve permitir o acesso, justamente para que o trabalho preventivo e orientativo ocorra. Todos devem contribuir no combate a dengue, pois, é uma doença perigosa que pode levar a morte.

** Quer participar dos nossos grupos de WhatsApp/Telegram ou falar conosco? CLIQUE AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Viarnet Telecom - Internet Fibra Óptica

(45) 3264-6307

Av. João XXIII, 1851 - Centro

Fixa Painéis

(45) 3264-5951

(45) 99840-2002

Rua Belém, 327 Belo Horizonte

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Missal