Medianeira: Moradora é vítima do golpe do cartão clonado e PM faz alerta

9.097

Publicada 23 de Outubro, 2020 às 21:46

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Uma moradora do Bairro Parque Independência foi vítima nesta sexta-feira (23), do golpe do cartão clonado.

De acordo com a PM, que atendeu a ocorrência, uma pessoa teria ligado para a vítima dizendo ser da Polícia Federal, e relatou que uma pessoa na cidade de Curitiba estariam fazendo compras com os cartões bancários dela, e que a polícia estaria investigando o caso para realizar a prisão do estelionatário, e para isso precisariam ter acesso aos cartões da mesma.

Sem suspeitar de que tratava de um golpe, a vítima entregou o cartões e senhas ao homem, que foi até a residência dela.

Poucos minutos depois do indivíduo sair da residência, a vítima teria recebido uma mensagem no celular, informando sobre um pagamento de boleto de mais de R$ 4 mil reais, e então ela percebeu que teria sido vítima de golpe.

Diante dos fatos ela acionou a PM e uma equipe da ROTAM foi até a residência da vítima, a qual relatou que o homem que esteve no local teria entre 25 e 30 anos, olhos claros, pele morena, cabelos estilo militar, e trajava calça jeans rasgada, tênis preto e camisa social azul clara.

Após o fato, a vítima entrou em contato com o banco e segundo ela, teria conseguido bloquear os cartões.

Para as pessoas mais experientes, os golpes aplicados na internet, pelo telefone ou até mesmo presencialmente, podem ser facilmente identificados, mas no caso de pessoa de mais idade, ou que não tenha muita familiaridade com a tecnologia e mídias, o assunto requer mais atenção.

Desta forma, o alerta da Polícia Militar é para que as pessoas não confiem em ligações de números estranhos e não entreguem cartões e senhas para pessoas que vão até suas residências. E principalmente, os familiares devem conversar e alertar os idosos sobre esse tipo de golpe.

Os bancos não atuam desta forma, indo na casa dos clientes para resolver qualquer problema. Em caso de dúvidas, a pessoa deve procurar algum parente, ir até o banco ou até mesmo tirar dúvidas com a polícia, pelos telefones 190 e 197.

Denúncias relacionadas à esse tipo de caso podem ser feitas também através dos telefones acima citados.

Redação: Guia Medianeira com informações da PM

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Ciromar Equipamentos Hospitalares e Materiais Ortopédicos

(45) 3264-0052

(45) 98404-0385

Av. Rio Grande do Sul, 2477 Centro

Delfos Contabilidade

(45) 3264-3895

Rua Argentina, 1607

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira