A importância de uma graduação ou pós-graduação na carreira e no sucesso profissional pós pandemia

Na Unip Medianeira iniciando sua pós graduação ainda em setembro você ganha 50% de desconto, confira.

1.489

Publicada 09 de Setembro, 2020 às 14:31

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

A pandemia do novo coronavírus acarretou diversas transformações em diferentes setores da sociedade. A recomendação de quarentena e isolamento social dada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foi amplamente adotada pelos países afetados pelo vírus. No Brasil, os comércios não-essenciais foram fechados e as aulas suspensas em todas as modalidades de ensino. 

A alternativa encontrada pelas instituições foi aderir a  Educação a Distância. As aulas online passaram a fazer parte da rotina de milhares de estudantes brasileiros e até mesmo por profissionais autônomos como uma alternativa para driblar a atual crise. A EAD já experimentava um crescimento constante no país, mas, agora, tem sido uma prática comum na educação básica, ensino superior e outras modalidades. 

Neste novo normal, segundo o Professor Carlos Dias existem um grande debate sobre  como a tecnologia e a inovação podem atender aos desafios da aprendizagem pós-pandemia. as salas de aula agora estão dentro da casa dos alunos e dos professores. Essa é a realidade desde que a pandemia da Covid-19 interrompeu o contato social e as atividades presenciais de educação por todo o país. Com isso, a transformação digital chegou muito antes do esperado e acelerou o processo que, em outros momentos, levariam muitos anos para serem implementados.

Ao migrar a realização das aulas para o formato remoto, as instituições particulares de ensino superior (IES) mantiveram o calendário escolar no primeiro semestre deste ano e, aos poucos, retomam o novo ciclo ao longo deste mês. Todas elas estão amparadas pela Portaria nª 544, do Ministério da Educação (MEC), que autoriza, até 31 de dezembro, a substituição das aulas presenciais por uso de recursos tecnológicos para oferta das disciplinas, inclusive de atividades práticas e de laboratório em boa parte dos cursos. Porém, muitas instituições de ensino não estavam preparadas tecnologicamente  para esta mudança do presencial para o EaD em suas aulas porém tiveram que se reinventar enquanto as  Universidades que já vinha praticando a EaD  estavam na frente levando  os conteúdos continuamente aos seus alunos sem  dificuldades.

O desafio de encontrar soluções em um momento emergencial foi superado e o passo seguinte está tanto em aprimorar os aspectos técnicos, quanto evoluir no processo de ensino-aprendizagem e na construção de conhecimento aos alunos.  "A pandemia colocou luz sobre os questionamentos do modelo de ensino e de aprendizagem, a universidade como centro de pesquisa acadêmica e produção de conhecimento e como fonte de habilidades que não mais atender ao mercado de trabalho".

Segundo especialistas, em recente debates, afirmam que em pouco tempo não vão mais falar em ensino à distância, o conceito de espaço tempo vai mudar. Também não existiram mais ex-alunos.  Nunca se termina de aprender, isto é, continuaram sendo sempre alunos. Dai  a importância de o aprendizado ser focado na formação de empreendedores. "Estamos na era do pós-emprego, em que os profissionais vão trabalhar como freelancer ou contratados por projetos. Eles precisam ser autônomos e motivados por um propósito, afirmando em contraposição ao modelo de educação criado na Revolução Industrial, sem personalização e que os alunos "aprendiam para atender a outro alguém".

Porém há dois lados que precisam de atenção ao construir a aprendizagem após a pandemia: uma maior eficiência do "como", com capacitação incorporação dos processos e infraestrutura tecnológica e o lado da eficiência, de "o que ensinar", focando em conteúdo personalizado e atualizado à exigência pessoal e profissional do aluno. "O indicador que deveria ser criado para medir a eficiência é o aprendizado por hora (de ensino), afinal, o valor da universidade está em qual o impacto gerado na sociedade a partir do que se aprendeu na sala de aula".

A UNIP  possui   mais de 400 cursos lato sensu: presenciais,  semipresenciais  e a distância-ead. Na UNIP Medianeira são mais de 30 cursos na modalidade EaD com duração de 06 a 10 meses e com condições de pagamento de 06 parcelas até 18 parcelas.

As áreas de conhecimento oferecidas pela Unip Medianeira são: negócios- saúde - jurídica - tecnologia e  educação. A  forma de ingresso é mensal. A Unip possui  graduação, pós-graduação lato sensu, mestrado e doutorado nas mais diversas áreas do conhecimento.

Os diplomas de todas as modalidades são muito valorizados no mercado de trabalho a universidade  possui um conceito institucional - CI - junto ao mec  de 0 a 5   com conceito 4 conforme  consta no Cadastro Nacional de Cursos e Instituições de Educação Superior Cadastro e-MEC  o que mede a excelência da universidade.

Em Medianeira a Unip  esta  indo para seus 14 anos de implantação da unidade e  já  é destaque na graduação e pós-graduação. A universidade  credenciou o Polo de Medianeira em 2006 e sendo implantado  seus primeiros cursos  em 2008.

A Unip Medianeira  esta com uma grande promoção para o mês de setembro e outubro com  50% de descontos em todos os seus cursos de  Pós-graduação/MBA Lato Sensu na modalidade EaD para todo o curso.

Informações:  medianeira.ead@unip.br 

Telefones: 45 3264 0144   45 99981 1281 

www.unip.br/ead ou  www.posunip.com.br

Endereço:  Avenida José Calegari, 1550 - Medianeira - Pr.

Facebook Unip Medianeira, Instagram Unip Medianeira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Casa do Celular

(45) 3264-6593

(45) 99900-6003

Avenida Brasil 1922 Centro

Aliança Casa de Carnes

(45) 3264-0184

Av. Brasília, 1920 - Centro

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira