Paraguai deve reabrir a Ponte da Amizade somente no final do ano

3.619

Publicada 28 de Maio, 2020 às 09:32

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Um grupo de grandes empresários e lideranças de Ciudad del Este voltou de Assunção de cabeça baixa depois de uma audiência com o presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez, o Marito.

Eram cerca de 30 empresários, donos de shoppings e grandes lojas que representam boa parte do PIB da segunda maior cidade do Paraguai. Na ante-sala do gabinete presidencial, a assessora de Marito comentou: "o presidente irá recebe-los por educação, mas ele disse que não reabrirá a ponte".

Durante a audiência com Marito, os empresários argumentaram que a economia da cidade estava entrando em colapso, com lojas falindo e demitindo milhares de empregados, isso sem contar os empregos informais, que somam mais de 40 mil.

Apesar dos argumentos convincentes, o presidente paraguaio foi irredutível. "Não cogitamos reabrir a ponte neste momento. Apesar de sua importância, Ciudad del Este é Paraguai e eu não posso colocar em risco a saúde da população de todo o nosso país", sentenciou Marito. 

O presidente paraguaio ainda teria dito que seu país tem a pandemia sob controle por ter adotado medidas enérgicas no tempo certo e que um grande número de paraguaios voltou do exterior contaminado pela Covid-19. 

GDIA conversou com alguns participantes da reunião e ficou sabendo que o presidente paraguaio teme que a entrada em massa de brasileiros, possa levar seu país a uma crise semelhante as registradas em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. "Todos sabem que o frágil sistema de saúde do país vizinho entrará em colapso se grande número de pessoas for infectada", disse nossa fonte. 

Assessores do presidente teriam comentado que lá pelo mês de dezembro o governo paraguaio fará um estudo para ver se existe possibilidade de reabrir a fronteira. "Mas as autoridades da saúde acreditam que a reabertura somente ocorrerá em março do próximo ano", acrescentou. 

Para uma das fontes ouvidas pelo GDIA, o presidente Marito acredita que sai bem mais barato ajudar a população com mantimentos do que mobilizar as reservas com hospitais de campanha, porque até eles ficarem prontos, corre-se o risco de dizimar parte da população.

Bolsonaro
Nesta quarta (27) o presidente Jair Bolsonaro disse aos jornalistas que fazem a cobertura no Palácio do Planalto, que o Brasil está pronto para abrir as fronteiras, que o Paraguai é um país amigo, com que o Brasil está construindo mais duas pontes. Ao que tudo indica, nenhum argumento será suficiente para sensibilizar o presidente paraguaio.

Adelino de Souza / Freelancer

Fonte: GDia

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Humanize Soluções Imobiliárias

(45) 3264-7322

(45) 99133-1512

Rua Paraguai, 1826

Kogut Motos Peças

(45) 3264-9455

(45) 98402-8177

Av Brasil 2400

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Regionais