Comitê de Crise de Missal decide ampliar horário de atendimento aos serviços não essenciais a partir de 22 de abril

A partir dessa segunda-feira, 20 de abril, o uso de máscaras no município é obrigatório

1.190

Publicada 20 de Abril, 2020 às 13:36

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Na manhã desta segunda-feira, 20 de abril, o Comitê de Crise de Missal, se reuniu novamente para avaliar o andamento da abertura gradativa do Comércio, daqueles serviços que não estão entre os essenciais elencados pelo Governo do Estado, bem como deliberar sobre os próximos passos. A partir de quarta-feira, 22 de abril, será autorizada a abertura desse comércio num horário ampliado.

A permissão para atendimento será das 8h ao meio dia e das 13h15 às 18h até sexta-feira. No sábado, das 8h às 12h. Aos prestadores de serviço, profissionais liberais e autônomos, vale o horário que consta no alvará de funcionamento da empresa. Nisso inclui-se academias, salões de beleza, clínicas de fisioterapia, pilates, clínicas de odontologia, entre outros. Em caso de dúvidas o município pode ser consultado pelo fone (45)3244-8000.

As lanchonetes e Restaurantes, que estavam atendendo somente por Delivery, poderão ter atendimento presencial, porém, com as medidas de distanciamento social e de higienização preconizadas. Os pratos devem ser servidos somente a lacarte, ou seja, não poderá haver buffet, com 50% da capacidade de atendimento ao público com permissão a adentrar no estabelecimento. Aos bares e conveniências não está autorizado o consumo no local.

O uso de máscaras, a partir desta segunda-feira, 20 de abril, é obrigatório, portanto, os funcionários das empresas que já estavam orientados devem usar, mas também, os clientes. A recomendação é que o comércio não atenda quem não estiver utilizando máscara. A restrição ao atendimento as pessoas acima de 60 anos e menores de 12 anos continua.

Outra alteração proposta na reunião, é que passe a permitir um cliente a cada 20 m². A medida anterior, autorizava um cliente a cada 25 m², portanto, auxilia estabelecimentos de menor porte a poder atender. As orientações para atendimentos em caso de urgência e emergência às empresas, estavam sendo repassadas, portanto, continuam, principalmente para questões relacionadas à saúde, como odontologia, entre outros.

É importante observar, que essa ampliação no horário de atendimento, não significa que tudo está voltando a normalidade. Quem não respeitar as normas de distanciamento, de higienização e as demais orientações repassadas pelo setor de Vigilância em Saúde, terão o estabelecimento fechado por 03 dias úteis, sem multa.

Em caso de reincidência, o prazo de fechamento dobra, passando, portanto, para 06 dias uteis, acrescido de multa. Para voltar ao funcionamento, quem descumpriu as determinações deverá assinar um termo de compromisso e ciência, de que irá respeitar as normas vigentes de controle ao Covid-19.

Essas são medidas adotadas visando cumprir um plano de contingência apresentado ao Ministério Público pelo município de Missal, mas se não cumpridas, ou se houver o entendimento da promotoria em questão, a reabertura gradual dos serviços não considerados essenciais pelo Governo do Estado poderá ser suspensa por órgãos superiores, como o próprio Ministério Público.

Se todos colaborarem e seguirem as orientações, as atividades econômicas ficam reestabelecidas. A cada semana são feitas avaliações e novas deliberações, portanto, na próxima semana podem haver alterações.

Fonte: Assessoria

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Prática Publicidade

(45) 3264-0366

(45) 99922-5343

Rua Getúlio Vargas, 2548 - térreo

Despachante Montanha

(45) 3264-3992

(45) 99961-0121

Rua Riachuelo , 1585

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Missal