Caso Damião: Juiz decide que acusados de assassinato do advogado irão à Júri Popular

8.669

Publicada 21 de Fevereiro, 2020 às 16:56

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Em Sentença de Pronúncia proferida no último dia 19 de fevereiro, o Juiz de Direito, Hugo Michelini Júnior, da Comarca de Medianeira, decidiu que os acusados do assassinato do advogado e professor universitário Ricardo Ferreira Damião Júnior, irão à Júri Popular.

Na decisão, o Juiz acolheu a pretensão de submissão do caso ao julgamento pelo Tribunal do Júri, pelas supostas participações dos acusados Orivaldo Malaggi e Marcos Roberto Padilha Soares, no homicídio do advogado e na tentativa de homicídio de seu filho. O Crime ocorreu no dia 27 de Março de 2018.

Na decisão o Juiz ainda manteve a prisão preventiva dos dois, que foram decretadas ainda em 2019.

A data do julgamento pelo Tribunal do Júri ainda não foi definida.

RELEMBRE O CASO

No dia 27 de março de 2018, o advogado e seu filho saiam da universidade onde ele lecionava, no centro de Medianeira, e quando eles já estavam dentro do seu veículo para deixar o local, foram surpreendidos pelo atirador e atingidos por vários disparos de arma de fogo. Damião foi encaminhado em estado grave ao hospital, porém acabou falecendo na manhã do dia seguinte. O filho, que também foi atingido com um disparo no rosto, foi socorrido e levado ao hospital com ferimentos e sem risco à vida.

Após o início das investigações, no dia 22 de maio do mesmo ano, a Polícia Civil de Medianeira deflagrou uma operação em relação ao caso, e prendeu um homem em São Miguel do Iguaçu, o qual foi apontado como sendo o motorista do veículo que deu fuga aos autores do crime. Carro este que foi encontrado incendiado em uma estrada rural.

Durante a operação, os policiais cumpriram também quatro mandados de busca e apreensão, um deles na Câmara de Vereadores de São Miguel do Iguaçu. De acordo com a polícia, um carro oficial do Legislativo serviu de apoio aos executores.

No dia 23 de fevereiro de 2019, duas pessoas supostamente também envolvidas no crime foram presas em uma operação da Polícia Civil de Medianeira em conjunto com forças policiais da região. Um dos detidos foi localizado na cidade de Cascavel e preso na BR 277 em Céu Azul após fuga e acompanhamento tático. O outro envolvido foi preso na cidade de Foz do Iguaçu, ocasião em que foi apreendida uma pistola calibre 9mm.

E nesta sexta-feira, 22 de março, além da prisão do Secretário de Obras e Viação de São Miguel do Iguaçu, Orivaldo Malaggi, suposto mandante do crime, também foram cumpridos mandados de busca e apreensão no gabinete dele na prefeitura, e na sua residência na cidade de Medianeira, onde foram apreendidos computadores, pen drives e celulares, para que fossem periciados.

Redação: Guia Medianeira

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Fixa Painéis

(45) 3264-5951

(45) 99840-2002

Rua Belém, 327 Belo Horizonte

Luciana Kapiche Tratamentos Capilares

(45) 9992-68916

(45) 99926-8916

Rua Para, 2074

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira