Medianeira: Presidente do TRE acompanha último dia de revisão biométrica

Na última sexta-feira, a Justiça Eleitoral do Paraná encerrou as revisões biométricas obrigatórias, e o Exmo. Presidente do TRE-PR, desembargador Gilberto Ferreira, acompanhou o processo em Medianeira.

1.231

Publicada 02 de Dezembro, 2019 às 09:10

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Na última sexta-feira, a Justiça Eleitoral do Paraná encerrou as revisões biométricas obrigatórias, e o Exmo. Presidente do TRE-PR, desembargador Gilberto Ferreira, acompanhou o processo em Medianeira.

Juntamente com ele, o Diretor-Geral, Dr. Valcir Mombach, e a coordenadora de Planejamento Estratégico, Solange Vieira.

"Uma grande satisfação retornar a Medianeira, e em uma data histórica como esta. Há dez anos iniciamos o processo biométrico e tínhamos uma meta de em torno de 10 milhões de eleitores para serem cadastrados. Algumas outras cidades também estão encerrando os cadastrados biométricos hoje, mas escolhemos Medianeira para acompanhar e estar presentes. Isso significa que ano que vem nossas eleições serão digitais, e quem não estiver cadastrado não irão poder votar", comentou o Desembargador.

Para quem ainda não fez o cadastrado biométrico terá que aguardar uma nova abertura de processo, que talvez aconteça no próximo ano. Quem não fizer isso terá o seu título cancelado e terá que fazer outro título. O prazo máximo se estende até maio de 2020.

Os números de cadastros do Paraná chegaram a quase 100%, uma conquista importante para o estado: "Isso privilegia o trabalho do Tribunal Regional Eleitoral e principalmente o compromisso dos eleitores com a democracia, porque somos o primeiro grande estado brasileiro a concluir a biometria.

Um período de muito trabalho e muitos acontecimentos. Estamos muitos felizes por tudo correr bem, porque nós trabalhamos pela cidadania e pela democracia e os nossos servidores, promotores e juízes muito dedicados e qualificados. Agradecemos ao Doutor Hugo de Juiz Eleitoral da Comarca de Medianeira".

Para o responsável do Fórum Eleitoral de Medianeira, que também abrange Serranópolis do Iguaçu e Missal, o Doutor Hugo Michelini Júnior, todo o trabalho realizado trouxe bons resultados: "Um trabalho que trouxe um bom resultado, me sinto muito honrado em prestigiar esse momento histórico na presença do Doutor Gilmar, um dia histórico para nossa comarca. Estão todos de parabéns, que se comprometeram com esse processo. 2020 é um ano de eleições municipais, e estamos preparados para esse novo momento de novidade, mas que irá agilizar o processo, e a confiança do eleitor".

Início da biometria no Brasil: 2008
Início da biometria no Paraná: 2009
Número de Zonas Eleitorais do Paraná: 206
Número de municípios do Paraná: 399
Número de kits biométricos utilizados: 1298

DADOS:
Eleitorado com biometria no Brasil: 76,24%
Eleitorado com biometria no Paraná: 97,87%
Eleitores do Paraná: 8.054.294
Eleitores com biometria no Paraná: 7.882.864
Eleitores que ainda não fizeram biometria no Paraná: aproximadamente 170 mil eleitores
(Dados atualizados em 29/11/2019 às 3:56)


No Paraná, a biometria obrigatória finaliza no dia 29/11/2019, nas zonas eleitorais de Medianeira, Marechal Cândido Rondon, Cruzeiro do Oeste, Ivaiporã e Realeza. Os municípios atendidos por cada uma dessas zonas eleitorais são:

114ª Zona Eleitoral de Medianeira: Medianeira, Missa e Serranópolis do Iguaçu

121ª Zona Eleitoral de Marechal Cândido Rondon: Marechal Cândido Rondon, Mercedes, Pato Bragado e Quatro Pontes

86ª Zona Eleitoral de Cruzeiro do Oeste: Cruzeiro do Oeste, Mariluz, Tapejara e Tuneiras do Oeste

93ª Zona Eleitoral de Ivaiporã: Ivaiporã, Arapuã, Jardim Alegre e Lidianópolis

130ª Zona Eleitoral de Realeza: Realeza, Ampére e Santa Izabel do Oeste

Os eleitores que não fizeram a biometria devem procurar o fórum eleitoral da sua cidade para regularizar a situação, pois seu título já está cancelado.

Algumas das consequências do título cancelado são: ficar impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público, participar de concorrência pública ou administrativa, contrair empréstimo em instituição financeira pública e ser nomeado, caso passe em concurso público.

A data limite para regularização do título de eleitor antes das próximas eleições é dia 6 de maio de 2020.

O eleitor pode consultar a sua situação no Fórum Eleitoral, pelo site do TSE e também pelo aplicativo e-Título.

O app pode ser baixado para smartphone ou tablet, nas plataformas iOS ou Android. Após baixá-lo, basta inserir os dados pessoais.



DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A BIOMETRIA

1. comprovante de residência no nome do eleitor, ou no nome do pai ou da mãe ou outro documento que comprove vínculo familiar ou profissional no município
2. documento oficial com foto (RG, CNH, carteira de trabalho etc.)
3. título de eleitor, se tiver (não é obrigatório)

O eleitor pode agendar o dia e a hora do atendimento por meio do site do TRE, mas o agendamento não é obrigatório. Caso opte por não agendar, será atendido por ordem de chegada.

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

A Casa Restaurante

(45) 9997-45729

(45) 99974-5729

Rua Argentina, 1089

Tropical Yamaha Medianeira

(45) 3264-0894

(45) 99977-7585

Av. 24 de Outubro, 2565

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira