Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo

1.460

Publicada 1º de Outubro, 2019 às 09:01

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

O Ministério da Saúde, juntamente com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, está realizando, a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, de forma seletiva (avaliação da situação vacinal e vacinação conforme as normas do Programa Nacional de Imunizações - PNI) para crianças de seis meses à menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) e adultos jovens de 20 a 29 anos, a fim de interromper a circulação do vírus do sarampo e proteger os grupos mais acometidos pela doença no País.

A estratégia de vacinação será realizada em duas etapas considerando períodos específicos para a mobilização da população para a vacinação, a saber:

Primeira etapa: No período de 07/10 a 25/10, será realizada a vacinação das crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinadas. O dia D, de mobilização nacional, será 19/10. A priorização deste grupo na primeira etapa deve-se à elevada incidência da doença nesta faixa etária, nos surtos registrados em 2019. As crianças menores de 5 anos de idade apresentam maior risco de desenvolver complicações, tais como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos pelo sarampo.

Segunda etapa: No período de 18/11 a 30/11, será realizada a vacinação de adultos jovens na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. O dia D, de mobilização nacional, será 30/11. Nesta etapa priorizou-se o grupo de 20 a 29 anos de idade devido ao número de casos confirmados nessa faixa etária ser expressivo.

Nesta campanha os pais e responsáveis são atores sociais importantes no processo de controle dessa doença e devem comparecer aos serviços de vacinação com suas crianças, levando a caderneta de vacinação para avaliação e registro.

O Sarampo é uma doença infecciosa exantemática aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbitos, particularmente em crianças desnutridas e menores de cinco anos de idade. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após.

No Estado do Paraná, até o dia 21 de setembro, foram registrados 39 pacientes com a doença, 217 em investigação e 37 já descartados.

A vacinação é a melhor maneira de prevenir o sarampo. A Secretaria de Saúde orienta para que a população fique atenta às datas da carteira de vacinação e aos registros de doses. Mulheres que estão amamentando podem ser vacinadas. E aquelas que desejam engravidar, devem aguardar no mínimo 30 dias após receber a dose da vacina. Os profissionais da área da saúde devem ser vacinados com as duas doses da tríplice viral em qualquer faixa etária, independente se atuam na atenção primária, secundária ou terciária.

Leve seus filhos a unidade de saúde do seu bairro, juntamente com a carteira de vacinação. Todas as unidades de saúde estarão vacinando no horário normal de atendimento e no dia 19/10, todas abrirão especificamente para a vacina.

VACINAR É UM ATO DE AMOR E RESPONSABILIDADE!

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Lala`s Brinquedos

(45) 9990-93500

(45) 99909-3500

Rua Davi Canabarro, 616 São Miguel do Iguaçu

Instalbona

(45) 9991-44241

(45) 99914-4241

Rua Pará, 3241

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira