Júri: Acusado de matar irmão e cunhada em Missal é condenado à 34 anos de prisão

7.750

Publicada 23 de Agosto, 2019 às 19:42

Compartilhar:

O Tribunal do Júri de Medianeira condenou nesta sexta-feira (23), à 34 anos e seis meses de prisão, o réu Dalci Gossmann, que foi acusado de matar a facadas o seu irmão Levino Gossmann e sua cunhada Cristiane Aparecida Moreira de Siqueira, no dia 11 de janeiro de 2018, na comunidade de Vista Alegre, município de Missal.

O réu, que se encontra preso há pouco mais um ano e sete meses, deverá cumprir a pena em regime fechado.

O CRIME

Dalci Gossmann, foi acusado de matar a facadas o seu irmão Levino Gossman e sua cunhada Cristiane Aparecida Moreira de Siqueira. Logo após o crime ele fugiu, e foi até um bar, onde posteriormente acabou sendo detido pela Polícia Militar.

Segundo a Polícia Civil, a motivação do crime seria passional, uma vez que o autor do crime já fora casado com Cristiane, e após o relacionamento deles terminar, ela teria iniciado um relacionamento com Levino, irmão do acusado.

Ainda conforme a Polícia Civil, o autor do crime já havia ameaçado o casal de morte, fato que foi consumou no dia 11 de janeiro de 2018.

Ao ser preso, Dalci acabou confessando o duplo homicídio, sendo então preso em flagrante e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil.

Redação: Guia Medianeira

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Mazzurana Advogados

(45) 3240-2115

(45) 99992-1615

Av. Pedro Soccol, 1725 Centro

Martelli Materiais de Construção

(45) 3264-3549

Av. Brasília , 1066

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Missal