Matelândia: Polícia Civil faz novas buscas à restos mortais de jovem desaparecido há três anos

10.945

Publicada 29 de Julho, 2019 às 12:32

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Nos últimos dias 17 e 18 de julho, a Polícia Civil de Matelândia realizou no Acampamento Chico Mendes, do Movimento Sem-Terra (MST), local conhecido como Fazenda Boito, buscas aos supostos restos mortais de um jovem que desapareceu em 2016, provável vítima de homicídio.

Romário Flores Melendi tinha 21 anos quando desapareceu no dia 29 de setembro daquele ano. Ele teria saído para encontrar alguns amigos, e não foi mais visto desde então. De acordo com a família, ele residia em outra cidade e estava em Matelândia à passeio no dia em que sumiu. Na época do desaparecimento uma testemunha relatou à polícia que o jovem teria sido abordado e agredido por duas pessoas. Segundo a Polícia Civil, os homens inclusive teriam ameaçado de morte a testemunha caso ela não fugisse do local.

No dia 04 de outubro daquele mesmo ano, equipes da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros realizaram buscas em um açude dentro do acampamento, mas nenhum corpo foi encontrado.

Dois homens chegaram a ser presos pela Polícia Civil, suspeitos de ter participação no sumiço de Romário, mas ambos foram soltos pela justiça posteriormente.

As buscas na última semana contaram com o apoio da Defesa Civil do município de Matelândia, que cedeu duas máquinas retroescavadeiras para as escavações, que foram realizadas em vários locais da fazenda, locais estes indicados por familiares do desaparecido, que acompanharam todas as buscas.

De acordo com a Polícia Civil, até o momento não foram encontrados vestígios de restos mortais nas buscas realizadas, porém as investigações seguem para a elucidação deste crime.

Várias pessoas foram ouvidas desde o desaparecimento do jovem, e a Polícia Civil acredita da possibilidade de que alguma testemunha tenha informações do provável homicídio e até mesmo do local onde o corpo tenha sido ocultado, porém devido às diversas circunstâncias envolvidas no caso, temendo uma possível retaliação por vingança , tenha medo de denunciar.

Denúncias sobre este caso podem ser feitas de forma anônima pelo telefone 197 da Polícia Civil.

Redação: Guia Medianeira com informações da Pol. Civil

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Fixa Painéis

(45) 3264-5951

(45) 99840-2002

Rua Belém, 327 Belo Horizonte

Mil Cores Uniformes

(45) 3264-4352

(45) 99994-1284

Rua Santa Maria, 250 Conda

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Matelândia