Gaeco prende vereador e outros quatro por organização criminosa em Marechal

A operação apura crimes de organização criminosa contra a administração pública.

1.164

Publicada 15 de Maio, 2019 às 11:11

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

O vereador Nilson Hachmann (PSC), o filho dele e outras três pessoas foram presos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, na manhã desta quarta-feira (15), em Marechal Cândido Rondon, no oeste do Paraná. A operação apura crimes de organização criminosa contra a administração pública.

Além dos cinco mandados de prisão preventiva, foram cumpridos vinte mandados de busca e apreensão em oito residências, nove empresas, um escritório contábil, no setor de licitações da Prefeitura e no gabinete do vereador na Câmara Municipal.

A investigação do Gaeco teve início em maio de 2018. O vereador era dono de empresas, registradas em nome de terceiros, que participavam de licitações do município, burlando assim a proibição de contratação com o setor público.

As empresas atuam em áreas diversas, como obras públicas (pavimentação rural), prestação de serviços e transporte escolar.

Fonte: Paraná Portal

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Consultório Odontológico Dr. Felipe Bernabé

(45) 3264-5371

(45) 98417-9189

Av. Soledade, 2250 Sala 04

Terraplanagem Iguaçu

(45) 3264-0521

(45) 99982-2905

Rua Amazonas, 989

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Regionais