Funerárias processam pastor por 'ressurreição'

Três empresas funerárias alegam que os representantes da igreja os enganaram de diferentes formas e fizeram todas comparecerem ao suposto milagre.

6.319

Publicada 27 de Fevereiro, 2019 às 17:11

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Alph Lukau, um pastor da África do Sul, está sendo processado por um grupo de diretores de funerárias após afirmar que ressuscitou um morto. O vídeo postado no Facebook mostra o autoproclamado profeta gritando para um homem deitado em um caixão se levantar e, em seguida, o rapaz se ergue. As informações são do BBC.

O caso foi ridicularizado e criticado por muitas pessoas na África do Sul, mesmo que tenha sido celebrado pelos fiéis do pastor no vídeo. As empresas funerárias dizem que foram manipuladas a se envolverem na farsa que aconteceu em uma igreja perto de Joanesburgo, e agora querem reparação de danos à sua reputação.

Três empresas funerárias alegam que os representantes da igreja os enganaram de diferentes formas e fizeram todas comparecerem ao suposto milagre. Procurada pela BCC, Alph Lukau não respondeu as perguntas.

A Comissão para a Promoção e Proteção de Comunidades Culturais, Religiosas e Linguísticas da África do Sul também comentou o caso. "Não existem milagres, são tentativas de ganhar dinheiro com o desespero do nosso povo", afirmou em nota. O pastor Alph Lukau afirma que apenas completou um milagre que Deus tinha realizado.

Essa não é a primeira polêmica envolvendo pastores na África do Sul. No ano passado, um pastor foi considerado culpado de agressão por ter jogado inseticida sobre os fiéis alegando que isso poderia curar câncer e o vírus HIV.

Fonte: Isto É

 

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Funerária São Gabriel

(45) 3264-2022

(45) 99919-8010

Rua Sergipe, 2130

Organizarq

(45) 9984-93959

(45) 99849-3959

Av. Rio Grande do Sul, 2243 Ap 10

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Paraná / Brasil / Mundo