Prefeito de Toledo é condenado a pagar R$ 300 mil por ato de improbidade administrativa

Lúcio de Marchi (PP) foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) por uso da máquina pública para propaganda pessoal.

2.200

Publicada 31 de Janeiro, 2019 às 09:46

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

A 1ª Vara da Fazenda Pública de Toledo, no oeste do Paraná, condenou, nesta quarta-feira (30), o prefeito Lúcio de Marchi (PP) a pagar uma multa de R$ 300 mil por de ato improbidade administrativa.

Ele foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) por uso da máquina pública para propaganda pessoal.

Segundo o MP-PR, Lúcio de Marchi "transformou atos burocráticos de rotina, como assinaturas de ordens de serviço ou de abertura de licitações, em cerimônias com grande divulgação".

Na sentença, a Justiça reconheceu que essas condutas feriram os princípios constitucionais da administração pública, da legalidade, moralidade administrativa e impessoalidade.

Além disso, o juiz atendeu o pedido formulado pelo MP-PR e determinou a indisponibilidade dos bens do prefeito até o limite da condenação imposta na sentença.

O prefeito pode recorrer.

O que diz o citado
 
Marchi afirmou que, desde o início de sua gestão, todas as ações que desenvolveu foram baseadas em pareceres de seu corpo técnico, "motivo pelo qual não se conforma com a ação movida pelo Ministério Público e recebe, com surpresa, a decisão que o condenou ao pagamento de multa, por considerar assinaturas de ordens de serviço e autorizações para abertura de licitações como ato de improbidade.

Ele afirma que "a publicidade de eventos desta natureza é prática comum de outras administrações, não só de Toledo".

O prefeito ainda disse que todos os eventos tiveram como único objetivo dar "total transparência" aos atos da gestão, e que a prova de que não há qualquer irregularidade é que "sequer se discutiu neste processo o desvio, apropriação ou utilização indevida de bens públicos, enriquecimento ilícito ou qualquer conduta que caracterize desonestidade por parte do prefeito".

Lúcio de Marchi adiantou que vai recorrer.

Fonte: G1

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Nova Acabamentos

(45) 3240-1919

(45) 99922-1919

Av. Brasília, 2677

Fascínio Moda Intima e Sex Shop

(45) 3264-3917

(45) 99911-7335

Rua Parana, 2067

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Paraná / Brasil / Mundo