A continuidade da vida...

20.252

Publicada 19 de Dezembro, 2017 às 14:02

Compartilhar:

Na tarde de sexta feira (15/12), um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal, ajudou transportar um dos órgãos de Lucas Morisso, jovem Serranopolitano.

O transporte do fígado, foi feito entre o aeroporto de Bacacheri e o Hospital Nossa Senhora do Rocio, onde um paciente já aguardava na fila de espera. Além do fígado, também foram doados rins, coração e globo ocular.

A tristeza e a grandeza.

Ser grande é olhar o próximo mesmo no momento de dor.

É ser esta mãe, este pai e esta família que precisaram aceitar essa forte interrupção de um plano bom.

Este plano associo à vida de Lucas, jovem de 19 anos,  vítima de uma colisão.

Vítima de uma transgressão. Aonde parece ter sido desfeita a ordem natural das coisas.

Mas quem sabe até os anjos invejem o sorriso desta mãe, que iluminou a face de seu filho recém nascido, e a cada dia, e quando chegou, e quando já havia crescido.

Nos deparamos diante de um esplendor de forças e sentimentos, regidos pelo dom de amar incondicionalmente através de pais bondosos que se doam pelos seus filhos.

É a continuidade da força, e a vida sendo impulsionada.

E que poder é esse?

De ser pai, ser mãe e mesmo com tamanha dor, doar tanto amor aonde existe uma fila de espera pela vida. Aonde existem inúmeras pessoas nesta luta arrebatadora pela continuidade de viver.

Não é sobre doar os órgãos de Lucas para um conhecido viver, é sobre o Lucas poder continuar vivendo no corpo de um desconhecido.

Aos pais, além de sentimentos, condolências e sinceros agradecimentos pelo majestoso ato, fica a reflexão: A chegada de um filho é, na opinião de Deus, o sinal de que a vida deve continuar.

Texto de autoria de Gabriela Ben e Janaína Ben

Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Steticar Lavacar

(45) 9842-97017

(45) 99968-6093

Rua Sergipe , 1577

Dentistas Consultório Odontológico

(45) 3264-7640

(45) 99849-0077

Rua Rio Grande do Sul, 224 - Centro

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Serranópolis do Iguaçu