Detento decapitado na PEC já havia sido preso duas vezes pela PM de Medianeira por roubos

19.296

Publicada 10 de Novembro, 2017 às 08:56

Compartilhar:

A rebelião que se iniciou ontem (09), na Penitenciária Estadual de Cascavel, a PEC, já dura mais de 17 horas. Três agentes penitenciários foram feitos reféns, sendo um deles liberado com ferimentos graves.

Ainda na tarde de ontem órgãos de segurança confirmaram a morte de um dos detentos, identificado como Tiago Gomes de Souza. Ele teve a cabeça cortada e exibida como troféu pelos demais presos.

Tiago havia sido condenado por um roubo e estupro cometidos em Matelândia, em agosto de 2016. Na ocasião ele roubou um veículo e acabou preso pela Polícia Militar de Medianeira enquanto fugia com o carro roubado.

Após ser preso por esse crime, o detento foi transferido para a PEC de Cascavel, de onde acabou fugindo.

Enquanto foragido, ele foi preso novamente pela PM de Medianeira, no dia 31 de dezembro de 2016, após efetuar um roubo em um estabelecimento comercial no Bairro Itaipu. Na ocasião outros dois indivíduos que participaram do roubo conseguiram fugir.

Após sua recaptura, ele foi novamente levado à PEC, onde estava preso desde então.

Redação: Guia Medianeira com informações da PM

Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Rei do 10

(45) 3264-1320

(45) 99927-5106

Av. Brasilia, 1210

Globalcred

(45) 3264-7376

(45) 98815-6844

Rua Para, 2090

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira