Acusada de castrar marido desabafa: "Não dava bola pra mim"

Mulher diz que ele só queria jogar golfe e nem olhava mais pra ela

2.466

Publicada 06 de Setembro, 2017 às 09:33

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Uma coreana de 50 anos de idade foi acusada de castrar seu marido durante a noite porque, segundo ela, ele não dava mais bola para ela.

Tudo aconteceu em Yeosu, uma cidad o extremo sul da Coreia do Sul ? a ?boa Coreia? ? durante o primeiro fim de semana de setembro.

Os vizinhos tomaram conhecimento do que havia acontecido quando passaram a ouvir grunhidos de dor provenientes do apartamento da vítima e resolveram investigar.

Chegando lá, eles encontraram o dono do imóvel estendido no chão, todo sujo de sangue e ligaram imediatamente para polícia.

A mulher da vítima, que foi identificada apenas como ?senhora Kim? confessou que foi ela quem cortou a genitália do marido e ? mais que isso ? atirou o órgão dentro do vaso sanitário e certificou-se de acionar a válvula de descarga depois disso. 

Questionada a respeito de seus motivos, a senhora Kim disse que o marido passou a ignorá-la, nunca lhe dava dinheiro e só queria saber de jogar golfe. Como se isso não fosse o bastante, ele só tomava conhecimento da existência da mulher na hora de ser agressivo com ela.

A vítima foi levada para o pronto-socorro e, depois de ter sido atendida pela equipe médica local, não corre mais risco de morrer.

A polícia diz que precisa fazer mais investigações a respeito da situação e que, só depois disso, decidirá o que fazer com a senhora Kim.

Ironicamente, os vizinhos atestam que o casal parecia um dos mais felizes do condomínio de prédios onde moravam e ninguém apostaria que, entre quatro paredes, os dois viviam a brigar.

Fonte: Hora 7

Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Santa Rita Calçados

(45) 3264-2154

(45) 99995-0160

Av. Brasilia, 1301

Brasil Auto Peças

(45) 3264-2001

Rua Paraguai

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Paraná / Brasil / Mundo