Município de Missal e Unioeste firmam Convênio para Projeto de Piscicultura

1.112

Publicada 26 de Julho, 2017 às 15:23

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<
Num primeiro momento haverá um Estudo de Viabilidade da Implantação do Projeto no município 

Representantes da Administração Municipal de Missal, bem como da Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), assinaram nesta terça-feira, 25 de julho, na Câmara de Vereadores de Missal, o termo de Convênio para o Estudo de Viabilidade da Implantação do Projeto de Piscicultura no município.

O Professor, Dr. Aldí Feiden, explicou brevemente do que se trata o projeto, como será feito um estudo, entre outras situações. Afirmou que já existe um empresário interessado em investir no setor e apresentou a equipe que fará esse estudo. 

O Diretor do Campus da Unioeste de Toledo, Remi Schorn, esteve presente e parabenizou Missal por se interessar nessa área de investimento e se colocou a disposição do município para mais projetos de pesquisa e extensão.

O Prefeito de Missal, Maneco, disse que o município quer ofertar aos produtores alternativas seguras de investimento, e com isso futuramente, gerar mais empregos, diretos e indiretos, gerar, automaticamente, mais renda aos produtores e em consequência ao município. ?Nosso propósito é dar oportunidades aos nossos agricultores, e sabemos que Missal tem potencial?, exclama o prefeito. 

Programa de Desenvolvimento da Piscicultura Agroindustrial de Missal

A piscicultura brasileira tem crescido a taxas anuais de mais de 20% na última década, e o Paraná tem se destacado como um dos mais promissores e organizados exemplos de produção e industrialização do pescado. A região oeste apresenta o polo de produção mais intensificado, baseado na produção familiar, em viveiros escavados  com a maioria das áreas menores de 2 hectares.

O principal peixe criado nos viveiros da região é a tilápia, que contribui com mais de 90% da produção atualmente, e tem um sistema de produção muito bem organizado, de forma a gerar um verdadeiro Arranjo Produtivo Local da Piscicultura, que envolve uma série de segmentos que atuam na cadeia produtiva, gerando um mercado que promove a diversificação da produção agropecuária na região e que contribui para gerar renda aos agricultores familiares e também incentivar a criação de empresas do setor de rações, alevinos, indústrias de equipamentos e de processamento e comercialização do peixe.

Piscicultura na região Oeste do Paraná

Destaca-se na região o crescimento da implantação de plantas industriais de abate de peixes, principalmente de filetagem de tilápias, que contribuem para incentivar parcerias como a produção integrada de peixes, de forma cooperativada ou em formas empresariais, o que tem garantido a comercialização não só na região, como também a exportação para outros estados que possuem grandes centros consumidores, como São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

O incentivo do setor público na piscicultura tem sido muito efetivo e responsável pelo sucesso da atividade nos últimos anos, pois o governo federal tem incentivado a regulamentação da atividade, tanto o ordenamento aquícola, como a liberação de créditos para investimentos e para custeio, com os programas  PRONAF e Mais Alimentos, aliado ao incentivo estadual, que atuou na regulamentação e simplificação das normas  para licenciamento ambiental e a formação de recursos humanos qualificados, como a formação de Engenheiros de Pesca. 

Os municípios, por sua vez, nos locais em que a atividade cresceu mais nestes últimos anos, tem tido experiências diversas, como o incentivo a inclusão do peixe na alimentação escolar, exemplos de Toledo, Marechal Cândido Rondon e Foz do Iguaçu, ou com a disponibilização de técnicos para prestação de assistência técnica e apoio logístico aos piscicultores, como é o caso do município de Maripá, atualmente o maior produtor de peixes do Paraná. 

Também outras ações, como o incentivo a industrialização, e o apoio aos empresários para investirem no setor, como é o caso de Toledo, que há dez anos incentivou as pequenas indústrias a buscarem os selos de inspeção sanitária SIM/POA e SISBI/POA. 

Parceria entre Missal e Unioeste

O interesse da Prefeitura Municipal de Missal  em investir na atividade de piscicultura e na sua industrialização, com a implantação do Programa de Desenvolvimento da Piscicultura Agroindustrial de Missal mostra que as políticas públicas devem ser utilizadas como ferramentas que possam incentivar os investimentos privados a gerarem empregos e renda no município, e com isto diversificar a matriz de produção agropecuária do município, gerando mais renda no campo e contribuindo com o fortalecimento da agricultura

A parceria iniciada entre a Prefeitura Municipal de Missal e a Universidade Estadual do Oeste do Paraná ? Unioeste, envolvendo o Grupo de Estudos de Manejo na Aquicultura ? GEMAq, pretende incentivar a produção racional de tilápias no município, e fazer um estudo técnico e econômico para o desenvolvimento da piscicultura agroindustrial municipal e a implantação de um frigorífico para abate de peixes, além de apoiar o programa de capacitação dos piscicultores. 

Este projeto de desenvolvimento local vai fazer um levantamento técnico e econômico da piscicultura e das estruturas necessárias para incentivar os empresários a investir no setor de produção e industrialização do pescado, produzidos pelos piscicultores do município e região, que certamente vai contribuir com a diversificação da produção agropecuária, com a agregação de valor a produção local, a geração de renda aos produtores, e a geração de empregos na agroindústria e nos setores de serviços e de apoio técnico e logístico.

Para a Unioeste estas ações de extensão universitária, além de envolverem os professores e pesquisadores, possibilitam que seus alunos envolvidos tenha um ensino teórico aliado com a prática, e mostra a importância do papel da universidade como indutor do desenvolvimento local e regional, mostrando que a universidade pode e deve contribuir com as políticas públicas que proporcionem o desenvolvimento econômico sustentável da sua região.

Fonte: Assessoria

** Envie notícias, fotos, vídeos e sugestões para o Guia Medianeira pelo WhatsApp CLICANDO AQUI.

Tudo Medianeira - Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Farmácia Cooperfarma

(45) 3264-9777

(45) 98822-8735

Av. Brasilia, 1435 Centro

Higiprag Dedetizadora

(45) 3264-4426

(45) 99988-4426

Av. João XXIII, 2770

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Missal