Medianeira: Jovem presa diz ter pago o que devia à justiça

19.126

Publicada 17 de Maio, 2017 às 17:01

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Policiais militares da RPA de Medianeira, em cumprimento a um mandado de prisão, prenderam nesta quarta-feira (17), uma mulher na região central da cidade.

Após a informação do paradeiro da mesma ser repassada à equipe da RPA pelo Serviço Reservado da PM, Andreassa Moreira da Silva foi localizada e detida na residência de um familiar, na Rua Mato Grosso, centro de Medianeira.

O mandado de prisão foi expedido pelo Poder Judiciário local, em razão da sentença condenatória ter sido prolatada pelo Juiz, em vista aos artigos 012 e 33 do Código Penal Brasileiro; Posse irregular de arma de fogo de uso permitido; e Adquirir, vender, fornecer ou produzir drogas.

ATUALIZAÇÃO: Na manhã desta quinta-feira (18), Andreassa Moreira da Silva procurou a redação do Guia Medianeira para explicar a sua situação perante a justiça. Segundo ela, por um erro de atualização do judiciário, o mandado de prisão que existia contra ela e que fora cumprido no ano de 2013, não havia sido "baixado" no sistema informatizado da justiça. 

Após cumprir por quase 3 anos parte da pena em regime fechado, ela foi posta em liberdade para cumprir a pena em regime semi-aberto, e atualmente respondia o processo  em regime aberto, devendo comparecer periodicamente em juízo no Fórum.

Andreassa decidiu apresentar sua real situação perante à justiça, por estar convicta de que não deve mais nada à justiça, pois já cumpriu a pena que lhe foi imposta e continua cumprindo com suas obrigações perante a lei, apresentando-se mensalmente no Fórum. Outro fator que levou a jovem a procurar expor sua condição, é a de que tem sido alvo de comentários maldosos nas redes sociais, depois de ter sido detida por algo que já havia respondido na justiça. Em razão desses comentários publicados com o intuito de denegrir sua imagem, feitos por pessoas que desconheciam sua situação para com a justiça, ela diz que irá tomar as medidas cabíveis.

Na ocasião da sua prisão na data de ontem (17), a Polícia Militar apenas cumpriu com seu dever, pois no sistema do judiciário o mandado de prisão constava em aberto.

Redação: Guia Medianeira

Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Farmácia Cooperfarma

(45) 3264-9777

(45) 98822-8735

Av. Brasilia, 1435 Centro

Daine Mari Chibiaqui Ateliê e Galeria de Arte

() -

(45) 99851-9474

AV. João XXIII, 2011

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira