Ciclista realiza sonho de pedalar pela América Latina

9.531

Publicada 10 de Janeiro, 2017 às 16:27

Compartilhar:
>> publicidade : ver novamente <<

Fabiano Gustavo Bulow, 29 anos, tinha residência fixa em Serranópolis do Iguaçu até o dia 20 de dezembro de 2016. A partir desse dia, a sua bicicleta passou a ser sua casa sobre rodas. 

Em uma viagem planejada e há muito tempo sonhada, Fabiano irá percorrer toda a América Latina sobre as duas rodas. 

A viagem que não tem nada para terminar, faz parte do Projeto Cicloturismo Espírito Livre, e partiu de Serranópolis do Iguaçu, seguindo pela Argentina, (no momento Fabiano está percorrendo o pais Hermano), de lá seguira para o Uruguai, posteriormente chegando a capital da Argentina, Buenos Aires e seguindo para Bariloche. Depois irá atravessar a cordilheira e entrará no Chile, subindo sentido ao Deserto do Atacama, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e retornando pelo norte do Brasil. 

?As experiências vividas na viagem irão me dizer quando é hora de parar?, diz Fabiano em sua página no Facebook: Cicloturismo Espírito Livre, que é onde ele relata sua localização e os lugares que vai passando, as pessoas que vão recebendo-o, as culturas e experiências. 

Não é a primeira vez que ele realiza pedaladas no Cicloturismo, em 2013 fez sua primeira viagem de cicloturismo, percorrendo o litoral de Santa Catarina, foram 15 dias pedalando. Recentemente ele percorreu 1.200km para conhecer as Ruínas Jesuítas do Brasil, Argentina e Paraguai.

?Com as experiências anteriores em viagens de bicicleta pude perceber que a recepção dada ao cicloturista é distinta de qualquer outra forma de locomoção, sempre que cheguei aos lugares fui muito bem recebido, e com isso surgem varias perguntas, entre as mais comuns são: de onde vem, pra aonde vai, quantos dias já esta viajando, o que você come, onde dorme, gasta muito, e se chove??

A boa receptividade dos moradores dos locais aos quais passa são parte essencial do projeto de Fabiano, pensando nisso ele já hospedou diversos cicloturistas em sua casa, para trocar experiências, adquirir conhecimentos e contatos que posteriormente poderiam o ajudar em sua pedalada. 

?Um sonho que vai muito alem de simplesmente pedalar pela America do Sul, um sonho em poder dar um sentido a tudo isso, poder colaborar com as pessoas com quem eu cruzo pelo caminho ou me acolha em sua casa por uma noite, seja dando um simples aceno, um bom dia acompanhado de um sorriso,ajudando a fazer um almoço compartilhado com alguma família que me recebera, fazendo uma horta, pintando uma casa, trocando uma telha que esta quebrada, compartilhando histórias de pessoas que provavelmente nunca mais irei ver, porém lembrarei pra sempre?, desta forma ele define a viagem. 

E complementa falando sobre as dificuldades e características do caminho: ?Todo o esforço de encarar sol, chuva, vento, frio, calor, tempestade e possivelmente neve, isso tudo é em busca de experiência de vida, que contribuirá para me tornar um ser humano melhor, que irá ajudar no meu autoconhecimento, saindo da minha zona de conforto, abandonando cama confortável, banho quente, internet, comida sempre a disposição na geladeira, roupas limpas e passadas, amigos com quem compartilhar uma cerveja no final do dia ou depois de um pedal, abandonando tudo isso e indo em busca dos meus sonhos?. 

Você deve estar se perguntando se isso vai custar muito dinheiro né? O planejamento dele começou a dois anos atrás, adquirindo parte dos equipamentos que irá precisar, como: barraca, alforges impermeáveis, fogareiro, panelas, bagageiro traseiro e dianteiro, roupas, ferramentas, câmera fotográfica e uma bicicleta adequada, ao total um valor de 8 mil reais foi gasto em equipamentos, isso tudo sem a ajuda ou patrocínio de nem uma empresa.

Uma outra ideia também ajuda nas despesas, ele vende cartões postais com fotos tiradas por eles mesmo, em experiências de outros cicloturistas, para arrecadação diária para alimentação. 

Também oferece seus serviços, por onde passa, em hosteis, pousadas ou onde surgir uma oportunidade. E um financimento coletivo no VAKINHA.COM, onde pessoas que acompanham o projeto podem dar uma contribuição voluntária do valor que acharem pertinente também é possível. 

Saiba mais da viagem do Fabiano através das redes sociais e na página Cicloturismo Espírito Livre: 

https://www.facebook.com/fabiano.bulow

https://www.instagram.com/fabianobulow/

http://cicloturismoespiritolivre.blogspot.com.br/

Fabiano Gustavo Bulow +55 45 991086471

Todas as informações foram retiradas da página Cicloturismo Espírito Livre

Guia Empresarial

Lista telefônica empresarial

Planetta Esporte

(45) 3240-1983

(45) 99912-4994

Av. Brasília, 1683 Sala 2

Magia Das Cores

(45) 3264-1587

(45) 99802-5418

Av. Pedro Soccol, 620 - Centro

VEJA MAIS NOTÍCIAS | Medianeira